10 SUSPENSES INESQUECÍVEIS

suspense

Por Davi Gonçalves

O suspense é um gênero bastante cultuado. Caminhando lado a lado com o terror, este tipo de filme é responsável por alguns dos maiores clássicos da história do cinema.

Por conta disso, o CCine10 listou abaixo 10 suspenses inesquecíveis do cinema. Confira a nossa lista:

JANELA INDISCRETA (Rear Window, 1954)

JANELA INDISCRETA

Alfred Hitchcock mereceria uma lista só pra si – afinal, não é a toa que o cara é chamado de mestre do suspense. Janela Indiscreta é suspense do começo ao fim, contando a história de um homem que acredita que seu vizinho assassinou uma mulher. O problema é: como provar o crime?

PSICOSE (Psycho, 1960)

PSICOSE

Há muita coisa a se dizer sobre Psicose, obra máxima de Hitchcock – definitivamente, o mestre do suspense. O filme tornou-se o maior sucesso do cineasta e influenciou o cinema desde então, sendo considerado um modelo do gênero. Com cenas antológicas, Hitchcock não faria mais nada tão expressivo em sua carreira a partir daí.

REPULSA AO SEXO (Repulsion, 1965)

REPULSA AO SEXO

Repulsa ao Sexo é um dos melhores representantes do suspense psicológico e foi o primeiro longa da “trilogia do apartamento”, imortalizada por Roman Polanski. Um dos pouquíssimos casos de filmes a ter 100% de aprovação da crítica, Repulsa ao Sexo revelou Catherine Deneuve ao mundo no papel de Carol, uma mulher reprimida que ao ver sozinha em seu apartamento, passa a ter alucinações e cai em um profundo estado de depressão.

O BEBÊ DE ROSEMARY (Rosemary’s Baby, 1968)

O BEBE DE ROSEMARY

Segundo filme da trilogia do apartamento, há quem considere O Bebê de Rosemary um representante do gênero de terror (até mesmo por ser a primeira incursão de Roman Polanski no tema sobrenatural) – mas a atmosfera de suspense predomina quase toda a narrativa. Com uma trilha sonora marcante, a trama nos apresenta a história de uma mulher que acredita ter sido fecundada pelo próprio diabo.

O ILUMINADO (The Shining, 1980)

O ILUMINADO

Obviamente Stanley Kubrick não podia faltar na lista – e seu O Iluminado está aí para provar que o cineasta era capaz de percorrer os mais variados gêneros. No filme, acompanhamos Jack Torrance, um escritor que se isola com a família em um hotel durante o inverno. Aos poucos, o isolamento excessivo o torna cada vez mais agressivo. O Iluminado traz ainda provavelmente a melhor atuação de Jack Nicholson.

LOUCA OBSESSÃO (Misery, 1990)

LOUCA OBSESSAO

Uma fã que se revolta contra o ídolo ao descobrir que ele pretende “matar” a personagem principal de sua saga literária. Pois é, Louca Obsessão é um filme alucinante e nos traz Kathy Bates em uma das atuações femininas mais sinistras de todos os tempos.

O SILÊNCIO DOS INOCENTES (The Silence of the Lambs, 1991)

O SILENCIO DOS INOCENTES

O Silêncio dos Inocentes é um dos maiores clássicos do gênero e se tornou um dos raros casos de suspense a conquistar as cinco principais categorias do Oscar – incluindo melhor filme, diretor e ator para o talentoso Anthony Hopkins, no pele do lendário vilão Hannibal Lecter.

SEVEN: OS SETE CRIMES CAPITAIS (Seven, 1995)

SEVEN

A trama gira em torno de uma dupla de detetives que tenta capturar um assassino que escolhe suas vítimas em função dos sete pecados capitais. Com roteiro bastante original, Seven apresentou David Fincher a Hollywood, que até então tinha uma filmografia modesta.

O SEXTO SENTIDO (The Sixth Sense, 1999)

O SEXTO SENTIDO

O Sexto Sentido foi a segunda maior bilheteria em seu ano de lançamento e popularizou o suspense com “surpresa no final” (aquele do tipo que muda totalmente a história nos instantes finais). Na trama, conhecemos um garotinho atormentado pela presença de espíritos – autor da célebre frase “Eu vejo gente morta!”.

AMNÉSIA (Memento, 2000)

AMNESIA

Dirigido por Christopher Nolan (da trilogia O Cavaleiro das Trevas, Interestelar e A Origem), Amnésia é a história de um homem que busca vingança – o que dificulta a empreitada é que ele perdeu a memória recentemente e a história é contada de trás pra frente, o que torna a narrativa muito mais atraente.

Gostou da nossa lista?! Sentiu falta de algum filme? Contribua com o nosso site indicando filmes que poderiam compor uma segunda lista.

Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. Berguinho

    Mas Hitchcock fez sim filmes bons depois de Psicose! Podemos citar sem nenhum problema Os Pássaros (1963), Frenezi (1972) e Trama Macabra (1976).