42ª Mostra anuncia filmes selecionados

Redação

Autora da arte do pôster desta edição, a norte-americana Laurie Anderson também ganha exposição da sua instalação em realidade virtual, Chalkroom, que inaugura anexo do Cinesesc

A Favorita, de Yorgos Lanthimos, vencedor do Grande Prêmio Especial do Júri e da Copa Volpi de Melhor Atriz para Olivia Colman no Festival de Veneza, abre o evento no dia 17, em sessão para convidados no Auditório Ibirapuera

A 42ª. Mostra vai exibir os longas que ganharam os prêmios de melhor filme nos grandes festivais estrangeiros deste ano: o mexicano Roma, de Alfonso Cuáron, que faturou o Leão de Ouro no Festival de Veneza e encerra a programação no dia 31; o cingapuriano Uma Terra Imaginada, de Siew Hua Yeo, que recebeu o Leopardo de Ouro no Festival de Locarno; e o romeno Não Me Toque, vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim

O japonês Hirokazu Kore-eda será homenageado com o Prêmio Humanidade. O trabalho mais recente do diretor, Assunto de Família, que recebeu a Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano, integra a programação

Outro Prêmio Humanidade será concedido a Drauzio Varella antes da exibição da cópia restaurada de Pixote – A Lei do Mais Fraco. A projeção do curta Conversa com Ele, de Bárbara Paz, antecede a sessão. Drauzio também participa da mesa Da Vida à Palavra; Da Palavra à Imagem, no II Fórum Mostra

Integra a programação o longa vencedor de melhor roteiro no Festival de Cannes, 3 Faces, do cineasta iraniano Jafar Panahi, que receberá o Prêmio Leon Cakoff desta edição

A 42ª. Mostra homenageia o centenário do líder sul-africano Nelson Mandela com a exibição de quatro títulos, entre eles o inédito O Estado Contra Mandela e os Outros, de Gilles Porte e Nicolas Champeaux, que integrou a seleção do Festival de Cannes

A Caixa de Pandora (Die Büchse der Pandora, 1929), longa alemão dirigido por Georg Wilhelm Pabst, será projetado na área externa do Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer com acompanhamento da Orquestra Jazz Sinfônica

Além da exibição do inédito A Casa que Jack Construiu, de Lars von Trier, a Mostra revisita a obra do diretor com sessões de outros três longas: Ondas do Destino, Europa e Elemento de um Crime

A 42ª Mostra ainda vai apresentar os mais recentes filmes do cineasta israelense Amos Gitai — a ficção Uma Carta para um Amigo em Gaza e o documentário Um Trem em Jerusalém —, além do média-metragem A Casa (1980), em sessão especial

Nesta edição, o Prêmio Petrobras de Cinema vai apoiar a distribuição de dois longas brasileiros, com R$ 100 mil para o melhor documentário e R$ 200 mil para a melhor ficção, que serão escolhidos pelo público

A tradicional programação apresentada no Vão Livre do Masp incluirá títulos como As Canções, de Eduardo Coutinho, Ópera do Malandro, de Ruy Guerra, e Invictus, de Clint Eastwood, que será exibido em homenagem ao centenário de Nelson Mandela

Os 20 anos de Central do Brasil, dirigido por Walter Salles e protagonizado por Fernanda Montenegro, serão comemorados com a exibição inédita no país da cópia restaurada do filme, com a presença do diretor e elenco principal

Também ganham sessão especial a cópia restaurada de O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, e o longa O Bravo Guerreiro, de Gustavo Dahl, que comemoram 50 anos de lançamento, além de Feliz Ano Velho, que completa 30 anos e tem direção de Roberto Gervitz

Entre as cerca de 30 obras latinas, a 42ª. Mostra destaca dois títulos de Fernando Solanas, premiado cineasta argentino que estará presente durante o evento: La Hora de Los Hornos e o inédito Viaje A Los Pueblos Fumigados

A cópia restaurada da série alemã Oito Horas Não São Um Dia, de Rainer Werner Fassbinder, marca as sessões de obras que retratam o pensamento de Karl Marx (1818-1883), cujo bicentenário é comemorado neste ano pela 42ª Mostra e pelo Instituto Goethe. Também serão exibidos filmes como Trabalhos Ocasionais de uma Escrava, de Alexander Kluge, e Marx Reloaded, de Jason Barker

Os 30 anos do lançamento no Brasil do premiado Asas do Desejo, de Wim Wenders, serão comemorados com uma exibição da cópia restaurada do longa

A 42ª Mostra terá seleção de filmes no interior de São Paulo através de itinerância promovida pelo SESC. Já em Campinas, o Instituto CPFL vai apresentar 15 títulos entre 20 e 31 de outubro

Em parceria com a Spcine e Cinema do Brasil, a 42ª. Mostra realiza, pela primeira vez, o Mercado de Ideias Audiovisuais, e, pelo segundo ano consecutivo, dá continuidade ao Fórum Mostra

O novo aplicativo da Mostra, além de trazer a programação completa e atualizada com notícias do evento em tempo real, agora também permite a compra de credenciais digitais, a reserva de ingressos para os credenciados e a compra de ingressos

São Paulo, 6 de outubro de 2018 – A 42ª edição da tradicional Mostra Internacional de Cinema acontece em São Paulo de 18 a 31 de outubro. Durante duas semanas, serão exibidos mais de 300 títulos de variados países e diversas cinematografias. Os filmes serão apresentados em mais de 30 espaços, entre cinemas, espaços culturais e museus espalhados pela capital paulista, incluindo exibições gratuitas e ao ar livre, e também em Campinas.

Para mais detalhes (clique aqui).

Em breve o Ccine10 vai publicar a sua tradicional lista com os filmes imperdíveis dessa edição.

Comente pelo Facebook