47 RONINS (Crítica)

47 RONINS

2estrelas

Por Ygor Aquino

SINOPSE

Kai (Keanu Reeves) é um mestiço que vive em Ako desde quando era garoto, sempre sob a proteção do lorde Asano (Min Tanaka). Entretanto, por mais que habite o local há muitos anos, ele nunca foi aceito por Oishi (Hiroyuki Sanada), o chefe dos samurais. Um dia, o shogun Tsunayoshi (Cary-Hiroyuki Tagawa) visita Ako e leva consigo o lorde Kira (Tadanobu Asano), que possui um pacto secreto com uma feiticeira (Rinko Kinkuchi). Juntos, eles tramam contra Asano e fazem com Oishi caia em desgraça. Um ano depois, Mika (Ko Shibasaki), a filha de Asano, está de casamento marcado com Kira. É o suficiente para que Oishi procure a ajuda de Kai, que sempre nutriu um forte sentimento por ela.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Carl Erik Rinsch” espaco=”br”]Carl Erik Rinsch[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Chris Morgan e Hossein Amini
Título Original: 47 Ronin
Gênero: Aventura
Duração: 1h 59min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 12 Anos

CRÍTICA

Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. Giza Maria

    Ola caro Kadu, tudo bem? Eu sou fã de Keanu Reeves desde que eu tinha uns 14/15 anos (tenho 34 anos), mas sei claramente que ele não é la um dos super atores de Hollywood. Esse filme tem cara mesmo de ser “mais um dos filmes bem” franquinhos do Mr. Reeves, porém, por razões sentimentais, verei assim mesmo. Fica dificil para eu dizer qual o melhor dos filmes de Keanu Reeves, pois todos eles vejo mais com o coração do que com o cérebro (mesmo porque se eu ver seus filmes com o cérebro, vou odiar quase todos), mais acho que “Speed – Velocidade Maxima” fica sendo o melhor, por ter sido um filme inovador na época e claro porque foi neste filme q o mundo ficou sabendo, realmente, de sua existência! Voilà, grande abraço e até a proxima!