A ESCOLHA (Crítica)

A ESCOLHA

2estrelas

Por Kadu Silva

Cont (r) o (l) C Cont (r) o (l) V

A ESCOLHA03

Que me desculpem os fãs de Nicholas Sparks (Um Amor para Recordar, Diário de uma Paixão, Querido John entre outros), mas está ficando chato, já. Todo ano é lançando um novo filme baseado em suas obras, até ai, não teria nenhum problema, o que chama atenção (negativamente) é a semelhança das histórias. A nova empreitada cinematografia é o romance meloso A Escolha.

Se você já assistiu algum filme de Sparks com certeza já deve ter assistido algo parecido com isso. Um casal “fofo”, que após vários problemas iniciais, vivem o romance que parecia impossível. Nessa trama ele é o Travis (Benjamin Walker), é um sedutor que não se apega a ninguém, prefere a vida de curtição. Ela é a Gabby (Teresa Palmer), uma jovem residente que namora o médico do hospital em que trabalha e que recentemente se mudou exatamente para casa ao lado de Travis. Eles incialmente têm um atrito que aos poucos se torna atração, é então que eles se entregam a paixão, mas o destino poderá acabar com essa felicidade aparente.

Como já citei a formula é a já conhecida das obras de Sparks e o roteirista Bryan Sipe não procura inovar em nada na forma de contar essa trama manjada. Todas as características dos demais filmes baseados na obra do autor estão lá: locações deslumbrantes, cenas de barcos, uma grande tempestade, beijos, choro, canções românticas e um belo casal para tentar causar inveja na plateia.

A ESCOLHA01

É nesse momento que o filme consegue ainda ser mais fraco que os anteriores, o casal protagonista, Teresa Palmer (Meu Namorado é um Zumbi) e Benjamin Walker (Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros) não possui o carisma necessário para dar veracidade para o casal que, devido a trama, precisaria causar suspiros dos fãs do autor em suas cenas românticas. Mas é inegável que química entre eles existe, só não posso dizer que o mesmo acontece deles com a plateia.

Já o diretor Ross Katz (Adultos Inexperientes) fica na zona de conforto e faz um filme simples e bem burocrático, com uma narrativa tão clichê que faz tudo se tornar ainda mais previsível do que já seria possível.

A Escolha é um filme que certamente vai agradar os fãs do Nicholas Sparks, pois ele consegue fazer chorar aos românticos de plantão e principalmente tem todos os elementos piegas de uma história de amor dos sonhos que esse público tanto admira.

A ESCOLHA02

SINOPSE

Travis Parker (Benjamin Walker) tem uma vida confortável, um bom emprego, amigos leais e uma casa em pequena cidade costeira. Ele busca diariamente viver plenamente e acredita que um relacionamento sério limitaria o seu estilo de vida. Isso até que Gabby Holland (Teresa Palmer) se muda para a casa ao lado. Mesmo que ela tenha um namorado, a moça o instiga logo de cara e faz com que os dois se entreguem a uma relação que nenhum deles esperava. Baseado em romance do autor Nicholas Sparks.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Ross Katz” espaco=”br”]Ross Katz[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Bryan Sipe
Título Original: The Choice
Gênero: Romance , Drama
Duração: 1h 51min
Ano de lançamento: 2016
Classificação etária: 12 anos
Lançamento: 4 de fevereiro de 2016 (Brasil)

TRAILER

Comente pelo Facebook