CINQUENTA TONS DE CINZA (Crítica)

CINQUENTA TONS DE CINZA

4estrelas

Por Victor Piacenti

CINQUENTA TONS DE CINZA03

Eis que estreou a tão polêmica adaptação do livro erótico ‘Cinquenta Tons de Cinza’, uma produção cercada de mistérios e segredos, especulações sobre o que ia ou não ser mostrado, se seria ou não uma coisa explícita ou até mesmo vulgar, se seria bom, se seria ruim.. acode Jeová! As perguntas em torno dos tais cinquenta tons eram várias e obviamente gerou muita expectativa na galera, junto de muito preconceito, revolta e mimimi, mas enfim.. vou contar pra vocês a minha sincera opinião sobre tudo o que vi durante duas horas de filme. Vem gente!

A história gira em torno de Anastasia Steele, ou Ana para os íntimos, uma garota tímida e reservada de 22 anos que esta prestes a se formar na faculdade e realizar seus sonhos de ter um belo futuro e cantar junto com os passarinhos durante o por do sol. Um belo dia seu caminho cruza com o gostosão maravilhoso bilionário Christian Grey e a atração entre os dois é imediata. EEEEPA! O que era pra ser um romance simples na vida da mocinha, toma uma outra direção, pois o nosso galã tem um passado obscuro que influencia diretamente na maneira que ele lida com as mulheres, com o amor e principalmente… com o sexo. Ai ai ai..

CINQUENTA TONS DE CINZA02

Sem rodeios né gente, todo mundo sabe que ‘Cinquenta Tons de Cinza’ fala sobre sexo, gira em torno de sexo e o que gera todo o interesse em torno deste filme.. é o sexo. Somos apresentados a uma versão moderninha da Cinderela + Emmanuelle que não acrescenta muita coisa nova ao universo dos romances, o que diferencia este aqui é o conteúdo, que vamos ser francos, não tem sido comum de ver no cinema atual. Apesar de ser um romance erótico, as cenas de dominação não são frequentes no filme e sendo bem sincero.. foram mais do que o suficiente. Além de serem muito bem filmadas, com uma trilha sonora SENSACIONAL, elas não foram vulgares em momento algum, muito pelo contrário.. foram extremamente sensuais, sério, foram bonitas mesmo de se ver. Ponto mais do que positivo para a diretora, que soube captar muito bem o que era necessário. A história, mesmo com todo esse lance de submissão, masoquismo e bla bla bla, é bem gostosinha de assistir, saca? Eles misturaram o erotismo com um pouco de comédia e isso ao meu ver deu super certo, deixaram o filme com um ar descontraído, moderninho e até ouso dizer inofensivo. Afinal romance e sexo, mesmo que de uma maneira um pouco mais selvagem, caminham lado a lado, não?

Falando um pouquinho sobre os protagonistas, confesso que estou apaixonado por eles. <3 Dakota Johnson e Jamie Dornan <3 tem uma química ENORME e fazem um casal muito bonito de se ver. Ela com o jeitinho tímido e olhar inocente, ele com o jeito misterioso e ao mesmo tempo sexy, funcionaram muito bem na tela, sem dúvidas. Como eu disse ali em cima, mesmo com todo o tema e toda a polêmica que gira em torno da história, ‘Cinquenta Tons de Cinza’ é um filme gostoso de se assistir, pois não é nada menos que um romance, diferente, mas ainda assim uma história de amor que vai deixar a mulherada suspirando e quem sabe até com a imaginação atiçada. OS MARIDOS QUE SE CUIDEM! Ahh, outra coisa que eu estava esquecendo de citar.. o final é muito bom, viu? 😉

‘Cinquenta Tons de Cinza’ é um filme que veio pra fazer polêmica, sem dúvidas. Muitos vão gostar e muitos vão odiar, normal.. acho que o esquema é não levar muito a sério mesmo e entender que está vendo um romance fora dos padrões que estamos acostumados. Não acho que a trama toda queira levantar questões morais ou fazer você ver a vida de outra maneira, definitivamente não. Particularmente achei tudo ali inofensivo e gostosíssimo de assistir, dei bastante risada e me diverti. As cenas são sensuais, a comédia funciona e o romance entre os dois é muito bonitinho. Enfim.. abra sua mente e divirta-se sem preconceitos, acho que vale a pena sim dar uma chance pra Ana e pro Christian 😉

CINQUENTA TONS DE CINZA01

SINOPSE

Anastasia Steele (Dakota Johnson) é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela deve entrevistar para o jornal da faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Sam Taylor-Johnson” espaco=”br”]Sam Taylor Johnson[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Kelly Marcel
Título Original: Fifty Shades of Grey
Gênero: Romance, Drama
Duração: 2h 5min
Ano de lançamento: 2015
Classificação etária: 16 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

8 Comentários

  1. Maria Nilde Piacenti

    Excelente o crítico de cinema Victor Piacenti….escreve de maneira inteligente, leve e imparcial! Parabéns!

  2. Nátalie Roberto

    Adorei, obrigada pelas informações, ainda não assisti mais ja estou muito curiosa!!

  3. Jair Santos

    Bem podemos perceber que o crítico não leu o livro prá fazer a crítica, pois resumiu a história a “nada”.

  4. Jair Santos

    Bem podemos perceber que o crítico não leu o livro prá falar do filme, pois resumiu a história a “nada”.

    • Victor Piacenti

      Olá Jair, na verdade li os três livros, duas vezes cada. Resumi a história a ‘nada’ justamente para não entregar detalhes da história, algo muito comum quando se trata de cinema. Obrigado.

    • insurance quotes auto

      Com certeza! Foi só terminar o filme que eu corri pra pesquisar tuuudo sobre ele, e cai logo no seu blog! É muito bom você ir “googlar” sobre a vida de alguém e encontrar um post mega informado com o seu. Boy George sempre foi e sempre será um ícone, um arraso! ;D

  5. Lima jr

    Pra mim não passa de um filme porno. Veh o algumas pessoas falando de romance. Um homem encontra uma mulher e começam a fazer sexô. . Vejo isso nos filme brasileirinhas.