COMIC CON EXPERIENCE 2015 | 4º Dia

Dia 4_1

Redação

O último dia da CCXP – Comic Con Experience 2015 teve início com o segundo painel do Misha Collins, ator responsável por Castiel de Supernatural. Artista respondeu perguntas de fãs, faz piadas com o público e até abraça aniversariante.

Durante o painel, ator comentou com fãs sobre a última temporada da série, falou sobre sua infância e momentos engraçados nas filmagens. Além disso, aprendeu a sambar, vestiu uma camiseta do Brasil e no fim, gravou um vídeo com o público cantando a música Carry On My Wayward Son, da banda Kansas, com direito a selfie no meio da plateia.

Em seguida o carismático figurinista de Batman vs. Super-Homem – A Origem da Justiça, Michael Wilkinson revelou detalhes do processo criativo dos personagens de um dos mais aguardados filmes de super-herói dos últimos tempos. É a primeira vez que Batman, Super-Homem e Mulher Maravilha aparecem juntos em cena, o que representa um grande momento da cultura pop e mais responsabilidade para a equipe envolvida. “Estudamos as histórias dos personagens, quadrinhos, videogames, pensamos em tudo que eles representam. Levamos tudo muito a sério”, conta Wilkinson durante painel.

No auditório Ultra teve um papo maluquinho com Ziraldo, um dos quadrinistas mais queridos do Brasil. No painel, o artista comentou para o público sobre seus anos de carreira, antes, durante e depois da ditadura militar e como isso influenciou seu trabalho. Além disso, também falou sobre o processo de criação do Menino Maluquinho e a emoção dos novos anúncios.

No painel, tiveram teasers das séries do Menino Maluquinho, e da série exclusiva, o Bebê Maluquinho. Também teve um anúncio importante: o novo filme do personagem. Todas as produções em parceria com a Oca Filmes. Ziraldo também contou histórias divertidas, como quando teve a ideia de panela na cabeça como marca registrada, devido a um jogo da sua infância, em que ele próprio resolveu usar uma panela na cabeça e fez sucesso com os amigos.

No auditório Cinemark teve o painel exclusivo da DC Comics que trouxe novamente Frank Miller, artista convidado de honra do evento e que atualmente roteiriza com Brian Azzarello a terceira parte da série O Cavaleiro das Trevas (TDK III – The Master Race, lançamento exclusivo da Editora Panini no Brasil) para contar as curiosidades e novidades da série ao público, ao lado dos editores Dan Didio e Jim Lee.

Como de costume, Miller foi o centro das atenções tantos para convidados quanto para a plateia do Auditório Cinemark. Entre as declarações sobre o universo do Cavaleiro das Trevas, o artista disse que o ator perfeito para interpretar o Batman mais velho seria Clint Eastwood. Miller também informou que esperou o momento certo para escrever a obra. “O público e o personagem precisavam amadurecer, e quando esse momento chegou, eu escrevi. Consegui realizar um grande sonho da minha infância: fazer o Batman bater no Superman”, ressaltou.

A lenda dos quadrinhos elogiou a pergunta que elegeu como uma das melhores já feitas a ele na vida: qual o segredo para que a DC não caia no mesmo ‘erro’ que a Marvel nos quadrinhos, que, segundo a repórter, hoje são mais influenciados pelos filmes do que pelo material original. “São quatro coisas: bons editores, bons estúdios, boa audiência e bons artistas”, respondeu.

O bom humor também permeou o painel. Quando perguntado por um fã se era amigo de Stan Lee (outra lenda dos quadrinhos, e grande nome da Marvel Comics) e quem dos dois desenhava melhor, Miller respondeu: “Sim, e eu”.

E a segunda edição da Comic Con Experience fechou com chave de ouro. Os atores Adam Sandler, Terry Crews, Taylor Lautner e Jorge Garcia e o diretor Frank Coraci marcaram presença no painel que levou o público a loucura. Entre os momentos mais divertidos, temos Terry Crews tirando a camisa, depois cantando Thousand Miles, e uma foto do Jorge Garcia com um fã que se parece muito com ele.

A trama do filme gira em torno do personagem de Adam, Tommy, que foi criado por nativos americanos e tem muitas habilidades. Quando seu pai é sequestrado, Tommy descobre que tem vários meio irmãos interpretados por Taylor Lautner, Rob Schneider, Terry Crews, Jorge Garcia e Luke Wilson, que se juntam a ele na jornada a procura do pai. Taylor comentou ser um papel assustador, pois foi sua estreia na comédia, já Adam está confortável com o gênero, diz ser seu tipo preferido de filme.

“Quando fazemos uma comédia, damos o nosso melhor para fazer vocês rirem e tocar seus corações.”, comenta Adam Sandler.

“Nós nunca estivermos tão ligados em uma produção, somos uma família”, diz Terry Crews sobre seus colegas.

Depois do painel, uma surpresa: a pré-estreia de The Ridiculous 6 exclusiva para a Comic Con Experience. Na Netflix, o filme estreia no dia 12 de dezembro.

Confira o resumo do melhor do quarto dia

FOTOS

11056069_1076960395655511_8411116823458516703_o 11203044_1032991003424359_9204599325277532787_n 12295464_913918671988903_1959912014328269612_n P1040323 P1040326

Comente pelo Facebook