CONTOS DA NOITE (Crítica)

Contos da Noite

4emeio

Por Guilherme Pulga

Talvez minha critica seja um tanto quanto breve, não que eu esteja desmerecendo o filme, mas em certos casos não temos como nos aprofundar, podendo até estragar o texto e a expectativa de vocês. Por mais que curto, espero que gostem e tentem assistir essa fantástica animação…

Estética multicultural, tradição e inovação

CONTOS DA NOITE01

Contos da Noite é uma animação peculiar, diferente das animações de gigantescos efeitos especiais. O filme apresenta uma espécie de um cinema no qual um rapaz, uma moça e um senhor que se reúnem as noites para vivenciar contos fantásticos.

Contos da Noite é distinto, a técnica das sombras chinesas e o desenho egípcio apesar de parecerem simples, geraram problemas técnicos a equipe. Segundo o diretor, Michel Ocelot “Contar uma história com silhuetas escuras é um desafio. Não existe a ajuda da cor, ou a delimitação de tal membro que fica perdido nas sombras. O espaço é muito limitado, mesmo com o relevo do 3D”. Mesmo assim, Ocelot defende a técnica:”Simplificando ao máximo, mantendo apenas a curva pura, os Egípcios captaram uma grande beleza. O torso é mais belo e visível de frente, já as pernas, nádegas e a cabeça ficam melhores de perfil. É por isso que eu gosto das silhuetas escuras. O que quer que você faça, o resultado é muito impressionante aos olhos”.

Algo que realmente me cativou no filme foi sua estética artesanal, não há personagens em si, apenas suas sombras, tornando o filme muito mais imaginativo para o espectador…como nas histórias que ouvíamos na infância. Essa estética mesclada com a tecnologia 3D dá profundidade e textura para essas “projeções” de personagens.

CONTOS DA NOITE03

O uso das cores é de encher os olhos, para cada conto há uma palheta de cor distinta. É vislumbrante como é possível ver os contrastes do amarelo com o preto no conto asteca ou no discreto uso de cores no conto europeu. Com um olhar clinico nas milhares de cores e texturas, as histórias se fazem únicas e peculiares.

O roteiro se faz por essas composições visuais. Das seis histórias, há uma exploração cultural por todos os continentes, mantendo sempre uma moral laica e com ausência de culturas escrachadas. A presença de personagens fantásticos e contos longínquos dão novos ares para os amantes de histórias.

Numa época onde o mercado explora os campos da animação, Contos da Noite é espetacular, desde suas historietas à sua forma artesanal, para os que gostam da animação artística como a de Hayao Miyazaki, Contos da Noite promete encantar crianças e adultos.

CONTOS DA NOITE02

SINOPSE

Todas as noites, um garota, um garoto e um senhor idoso se encontram em um pequeno cinema, que aparenta estar abandonado. Lá dentro, os três criam histórias, escrevem, desenham, vestem fantasias… Eles criam diversas histórias mágicas passadas em uma noite onde tudo é possível.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Michel Ocelot” espaco=”br”]Michel Ocelot[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Michel Ocelot
Título Original: Les Contes de La Nuit
Gênero: Aventura
Duração: 1h 24min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: Livre

TRAILER

Comente pelo Facebook