CORES (Crítica)

Cores

Por Silas Mendes

Cores02

Começo com uma confissão. A resenha de Cores foi de longe uma das mais complicadas. Por que? Não sei se eu mesmo sei explicar o por que. Bom, vamos lá.

Cores é um filme sem cor alguma. Cores retrata o vazio constante existente na vida de três amigos. Eles não vivem. Eles apenas sobrevivem.

Cores possuí uma elegante e incrível fotografia, que se serve muito bem de seus personagens, traduzindo seus sentimentos e angustias de uma forma bela e igualmente sufocante.

O som é outro destaque. Usando trilhas diferentes para “caracterizar” suas personagens logo no começo da projeção, o som caminha lado a lado das imagens enquanto suas personagens silenciosas caminham pela tela ou apenas sentam, limpam, pilotam, transam, assistem televisão ou fazem absolutamente nada.

Cores01

O que talvez venha a ser um “problema” para o desenvolvimento da trama, seja a falta de uma “trama” de fato, mas a persistência da expectativa de que algo “aconteça”, mas nada realmente parece acontecer e é isso que vemos, sentimos e é pra isso que estamos ali, é pra isso que os personagens está ali e é por isso que a cor não está ali.

Independente das escolhas estéticas e de narrativa, o que me foi incomodo foi o roteiro que possui ótimos momentos e cenas incríveis, mas em geral parece engasgar na hora de dizer o que carrega em si e isso pode dificultar em tornar sua “mensagem” clara.

Repleto de planos longos, o tempo do filme se torna o tempo das personagens e então o filme se torna arrastado e o interior de suas personagens salta facilmente.

Visualmente incrível e sonoramente criativo, Cores peca por possuir uma narrativa complicada, mas não o bastante para ser de fato um defeito. Uma bela obra tanto pelo conteúdo como pela forma.

Cores03

SINOPSE

Na cidade de São Paulo, três jovens vivem histórias de amor e tristeza na metrópole: Luiz passa o dia entre pequenos empregos que ele consegue com sua moto e o trabalho em uma drogaria; sua namorada, Luara, mora em frente ao aeroporto e ganha a vida em uma loja de peixes ornamentais, enquanto sonha em viajar ao exterior, e Luca é um tatuador que mora com sua avó.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Francisco Garcia” espaco=”br”]Francisco Garcia[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Francisco Garcia, Gabriel Campos
Título Original: Cores
Gênero: Drama
Duração: 1h 35min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: 16 Anos

TRAILER

4emeio

Comente pelo Facebook