FOXCATCHER – A HISTÓRIA QUE CHOCOU O MUNDO (Crítica) | Mostra SP

FOXCATCHER

4estrelas

Por Kadu Silva

Quando o poder envenena as relações

FOXCATCHER01

Filmes baseados em fatos reais em geral, apresentam histórias inusitadas em seu enredo, mas afinal, qual seria a história de Foxcatcher que a diferenciaria dos demais filmes do gênero? Sem sombra de duvida, o destaque dessa trama se encontra nos três personagens principais. Estas três figuras, apresentam desvios psicológicos marcantes em suas relações pessoais.

O primeiro deste trio é John du Pont (Steve Carell), um multimilionário, que só conseguiu coisas no decorrer de sua vida através do seu poder financeiro, e isto desde a infância, quando sua mãe pagou para ele ter um “melhor” amigo por anos. Os outros dois são os irmãos Mark (Channing Tatum) e Dave (Mark Ruffalo), ambos campeões olímpicos de luta livre. Dave o mais velho é empreendedor, carismático e exerce a liderança que lhe nata, aonde chega. Já Mark, apesar de também campeão, é visto como uma espécie de sombra de seu irmão no meio do esporte, sem contar que é de uma personalidade mais introspectiva.

John ao ver o triunfo de Mark nas olimpíadas, o convida para utilizar um grande centro de treinamento de luta livre que ele acabava de inaugurar em sua fazenda Foxcatcher, com tudo pago, para facilitar suas futuras conquistas. A generosa oferta não tardou a mostrar o seu preço e Mark se tornava uma espécie de bibelô de John, e quando as coisas começaram a sair do controle entre os dois, John ainda trás Dave para fazenda, deixando a relação entre os três cada vez mais tensa.

FOXCATCHER03

O roteiro de Dan Futterman (Capote) não se utiliza de grandes clímax e muito menos de reviravoltas, é um filme que apresenta uma narrativa sem grandes variações. O que vemos ao longa da projeção, é o poder envenenando as relações pessoais e como isso interfere no comportamento dos envolvidos. Foxcatcher é um filme de grandes personagens, que nos fazem pensar sobre a vida e sobre as pessoas de nosso meio.

O diretor Bennett Miller (O Homem que mudou o jogo), consegue contar com grande maestria a história dessas figuras fortes. Mesmo deixando apenas para o minutos finais, o fato que chocou o mundo, sua narrativa consegue nos colocar como testemunhas desta trama, o que acaba nos envolvendo do inicio ao fim. É um poderoso trabalho, que teve grande ajuda na edição competente Jay Cassidy (O Lado Bom da Vida).

Mas o destaque principal fica a cargo dos atores, que conseguem apresentar performances tocantes de seus personagens. Mark Ruffalo, além da habitual competência, apresenta um trabalho corporal impressionante, Channing Tatum nos entrega a melhor atuação na carreira, ainda que o personagem caísse como uma luva para ele, seu trabalho corporal e a entrega na composição da personagem impressiona. Mas quem rouba a cena é Steve Carell, além da maquiagem que o torna quase irreconhecível, Carell encontra o timing perfeito do psico de seu personagem, conseguindo não o torna caricato e sim bem humano e real, é para grandes aplausos as três atuações principais dessa trama.

Foxcatcher – Uma História que chocou o mundo é um impressionante relato do que uma mente desestruturada pode causar para quem está próximo. Vale a pena conferir!

FOXCATCHER02

SINOPSE

Baseado em fatos reais, o filme narra a sombria e trágica história da relação entre o excêntrico multimilionário John du Pont, que forma uma equipe para treinar para os Jogos Olímpicos de Seul em 1988 em seu novo centro de treinamento, e os irmãos Mark e Dave Schultz, campeões olímpicos de luta.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Bennett Miller” espaco=”br”]Bennett Miller1[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Dan Futterman
Título Original: Foxcatcher
Gênero: Drama
Duração: 2h 14min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 18 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

2 Comentários