GAROTA EXEMPLAR (Crítica)

GAROTA EXEMPLAR

4emeio_certo

Por Igor Pinheiro

GAROTA EXEMPLAR04

Garota Exemplar é daqueles filmes que te perturbam mesmo depois de alguns dias. E é difícil comentar sobre ele sem dar algum spoiler porque eu contei umas 537 reviravoltas impactantes na história, momentos que é legal de se descobrir enquanto assiste, mesmo que você seja daqueles mentirosos que dizem que não ligam de saber de algumas coisas antes. Mas enfim, vou tentar fazer um post ocultando o máximo que eu conseguir do filme.

O longa é baseado em um best-seller e nos apresenta, à princípio, Nick Dune, que procura a polícia após o estranho desaparecimento de sua esposa Amy. Durante as investigações, temos o ponto de vista de Nick e as memórias do diário de Amy, que conta sua história de amor com o marido e com o passar de temo mostra que o casamento não parece mais tão perfeito, chegando a declarar o medo de que o marido a matasse. E aí começamos a questionar se o marido não a matou, se o que vemos no diário é verdade, até que, antes da metade do filme 15 reviravoltas fazem tudo mudar por completo, e eu paro por aqui.

Deve ser muito chato você poder adaptar o seu próprio livro para roteiro e ter o David Fincher dirigindo sua história, não acham? E esse é o trunfo de Garota Exemplar, que peca muito pouco em direção. O roteiro tem umas falhas sérias de verossimilhança, mas diante de tantas surpresas, tudo é ignorado, pois a história e os personagens, extremamente bem construídos, nos envolvem facilmente.

GAROTA EXEMPLAR02

O longa claramente merece toda a badalação que está tendo e espero que seja um hit por um bom tempo. Isso e um exemplo para os futuros thrillers, porque reviravoltas demais chega a ser um clichês, mas quando bem executado, nos empolga. Apesar disso, não sei se estará muito presente em premiações. Eu sei que o Fincher sempre concorre, mas não sei se é o tipo de filme de grandes indicações, sem preconceitos. Se bem que, se eu pudesse escolher, daria muito destaque para Rosamund Pike, que sempre se escondeu em papéis pequenos e muitas vezes sem graça (beijo, Orgulho e Preconceito. O que temos aqui é um personagem extremamente forte que tem potencial para ser lembrado por anos, se tornando referência.

O resto do elenco é bem legal também. Com destaque para Bem Affleck, claro, e para Carrie Coon, que faz aquela mulher chata em The Leftovers, mas está muito bem aqui. É legal ver o Neil Patrick Harris em drama, mas não chega a ser uma grande atuação.

Com certeza Garota Exemplar estará presente em muitas listas de melhores filmes o ano e, de novo, merece isso. Mas fica a dica de ir assistir com o psicológico preparado, histórias que envolvem sentimentos muito humanos mexem bastante comigo. E aqui, apesar de algumas situações parecerem extremamente surreais, acabamos pensando que deve existir por aí gente tão perturbada quanto os personagens do filme.

E que final, leitor! Que final!

GAROTA EXEMPLAR03

SINOPSE

Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”David Fincher” espaco=”br”]David Fincher[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Gillian Flynn
Título Original: Gone Girl
Gênero: Suspense
Duração: 2h 29min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 16 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

1 Comentário