GUERRA É GUERRA (Crítica)

Guerra e Guerra

2estrelas

FICHA TÉCNICA

Título Original: This Means War
Ano do lançamento: 2012
Produção: EUA
Gênero: Comédia , Ação, Romance
Direção: McG
Roteiro: Timothy Dowling e Simon Kinberg
Classificação etária: 10 Anos

Sinopse: Tuck (Tom Hardy) e FDR (Chris Pine) são dois dos principais agentes da CIA. Grandes amigos, eles vivem uma rotina perigosa em que é fundamental a confiança de um no outro. Esta começa a ser abalada quando eles se veem namorando a mesma mulher, Lauren (Reese Witherspoon). Inicialmente, decidem seguir cada um na sua e deixar para que ela escolha um dos dois. Mas aos poucos, a natureza competitiva da dupla vai mostrar que ninguém está ali para perder.

Por Kadu Silva

Fraquinho, mas diverte!

GUERRA e GUERRA02

Fugir do obvio das comédias românticas e atrair também o público masculino é uma tarefa que os envolvidos pela industria do cinema sempre buscaram, ano passado houve o Encontro Explosivo, que trazia Tom Cruise e Cameron Diaz como par romântico – o representante desse ano é esse Guerra é guerra que praticamente volta com a mesma formula, misturando o romance central – aqui a três (uma mulher disputada por dois homens), com pitadas de cenas de ação de tirar o fôlego.

Lauren (Reese Witherspoon) é uma mulher bem sucedida, bonita e que se encontra solteira, e nada animada para procurar um novo companheiro, até que sua amiga Trish (Chelsea Handler) a cadastra em um site de relacionamento, o que acaba por aproxima-la de Tuck (Tom Hardy) um agente secreto da CIA que tem como seu grande amigo o também agente FDR (Chris Pine) que acaba também se apaixonando por Lauren em um encontro casual numa locadora de filmes. A partir desse momento está criado o cenário de uma verdadeira guerra entre os amigos para a disputa do coração da Lauren.

Só pela premissa já percebemos que não se trata de uma história nova ou pouco contada, longe disso, é mais uma tentativa de buscar o público masculino para um gênero de maior apelo entre as mulheres, para isso quem assina o roteirista é Simon Kinberg o mesmo de Sr. e Sra Smith que praticamente escreve uma história de ação, esquecendo da trama bem desenvolvida na sua narrativa. Para completar tem o diretor McG o mesmo de As Panteras abusa de clichês de filmes de ação e comédias românticas para completar o que vemos nesse longa-metragem.

GUERRA e GUERRA01

Se não bastasse a falta de um bom desenvolvimento da trama, Kinberg cria um roteiro extremamente previsível, deixando cada acontecimento obvio e sem um pingo de emoção para o público, sem contar que volta com a famosa guerra fria entre os EUA e a Rússia numa trama paralela, as piadinhas sobre os ingleses e vários outros clichês que para algumas pessoas podem acabar irritando.

Já McG acerta na direção das boas cenas de ação mesmo que muitas, como já citei, seja mais do mesmo, mas é inegável o controle sobre elas, tanto na concepção quanto no desenvolvimento, nos enquadramentos de câmera, enfim nesse aspecto o filme funciona e diverte bastante.

Outro aspecto fundamental para fazer do filme algo agradável, é o trio protagonista que mostra o carisma fundamental para fazer do longa algo que seja suportável de ser assistido, tem Reese Witherspoon que não passa a imagem de uma mulher sensual e fortemente desejada por dois homens, tem também Tom Hardy que não mostra química com ela, funcionando melhor como parceiro de Chris Pine, esse que se mostra sem grande inspiração, mesmo assim, o carisma de ambos sobressaem sobre tudo isso.

O peixe fora d´agua no elenco é Chelsea Handler que faz a amiga e conselheira de Reese Witherspoon, sendo usada como o elemento cômico, aqui não consegue passar nenhum pouco do que se espera do personagem, seu timing para a comédia é totalmente errado, soando grosseira em sua intervenções, que ao desenrolar da trama se mostra totalmente descartável.

Sem grandes inspirações ou grandes atuações essa nova tentativa de fazer comédia romântica para todos os públicos se mostra frágil e de pouco apelo. Funciona somente para um cineminha pipoca em que seu cérebro não vai ser usado em nada, mas diverte principalmente nas cenas de ação entre os agentes.

Por curiosidade indicaria esperar para conferi-lo em DVD ou Blu-ray, mas a escolha é por sua conta e risco. Fica a dica!

GUERRA e GUERRA03

DESTAQUE

Apesar de não saltar aos olhos a montagem é bem realizada no filme, ajudando no ritmo pretendido pelo diretor.

TRAILER

Comente pelo Facebook