HITCHCOCK (Crítica)

HITCHCOCK

Linda homenagem ao mestre do suspense

Alerta, se por acaso você ainda não assistiu Psicose, antes de assistir Hitchcock, veja o filme, pois a experiência fica mais rica se você conhecer a obra, afinal o filme é exatamente como aconteceu todo o processo para a criação do filme, dá ideia inicial ao lançamento.

A trama mostra a intimidade do casal Hitchcock que após o lançamento do filme Intriga Internacional, busca inspiração para um novo projeto. Hitchcock (Anthony Hopkins) que fazer algo novo, simples, uma comédia, talvez, e encontra no livre Psicose o que estava procurando, e isso exatamente porque a crítica odiava o livro.

O excêntrico diretor queria fazer algo que ele ainda não tivesse feito e com orçamento baixo, a ideia era que fosse um filme simples, o segredo estava no roteiro, que descobrimento que Alma (Helen Mirren) sua esposa foi responsável por melhora-lo durante as filmagens.

Vemos algumas passagens lendárias no processo de gravação, o envolvimento de Alma com o Whitfield (Danny Huston) e toda a dificuldade no lançamento, já que ninguém acreditava no sucesso do filme.

Esse trecho final do lançamento é o grande momento do filme, onde Hitchcock mostra sua genialidade para promover o filme e como realmente parecia reger as reações da plateia com suas ideias criativas.

O filme é sem dúvida uma bela homenagem e uma passagem lendária na vida do diretor, exatamente por ter muitas versões e “contos” o roteiro não conseguiu compilar de forma harmoniosa todas essas informações no longa e assim apresenta muitas passagens que acabam não se conectando uma com a outra, o que em um determinado momento do filme afasta o público da trama, uma pena!

HITCH01

O inexperiente diretor londrino Sacha Gervasi, não sai do trivial em sua direção, faz uma direção correta, mas sem ousadias ou ideias criativas, o que também acaba se tornando um pecado em se tratando de um filme que vai retratar a vida de um gênio.

Muitos disseram que a maquiagem é ruim, que chega a caricatura – acho que vi outro filme então, porque achei perfeita toda a caracterização dos personagens, principalmente de Anthony Hopkins. Os figurinos também estão perfeitos, basta ver Psicose e comparar.

A fotografia é outro belo destaque do filme, gostei das cores fortes que o filme apresenta durante a projeção, uma bela escolha.

Outra escolha perfeita é no elenco, todos muito afinados com a proposta, Hopkins quase irreconhecível no personagem com uma forma toda especial no falar na postura corporal é um verdadeiro espetáculo ve-lo em cena. Fiquei impressionado com a caracterização de James d’Arcy, fazendo Antony Perkins, chega a ser assustadora de tão perfeita.

Mesmo com o defeito construtivo do roteiro, a projeção do filme é boa de se ver, já que no final temos a sensação de que ser apaixonado por cinema como Hitchcock foi a vida toda, acaba por tornar a nossa vida muito mais envolvente e apaixonante que as dos outros. I LOVE HITCHCOCK!

DESTAQUE

Para a trilha sonora discreta, mas perfeita para a proposta do filme.

SINOPSE

Baseado no livro de mesmo nome, o filme vai mostrar como foram os bastidores do clássico Psicose, de Alfred Hitchcock. Na época, mesmo estando no auge de sua carreira, o cineasta não conseguiu apoio para realizar a obra porque os estúdios não queriam investir no gênero. O resultado foi uma produção – praticamente – independente, de baixo orçamento, rodada em preto e branco, que se tornou uma referência no cinema mundial.

HITCH02

ELENCO

[do action=”cast” descricao=” Anthony Hopkins (Alfred Hitchcock)” espaco=”x”]01 Anthony Hopkins[/do][do action=”cast” descricao=”Helen Mirren (Alma Reville)” espaco=”x”]02 Helen Mirren[/do][do action=”cast” descricao=” Scarlett Johansson (Janet Leigh)” espaco=”x”]03 Scarlett Johansson[/do][do action=”cast” descricao=”James D’Arcy (Anthony Perkins) ” espaco=”br”]04 James D'Arcy[/do]

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Sacha Gervari” espaco=”br”]Sacha Gervari[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: John J. McLaughlin, Stephen Rebello
Título Original: Hitchcock
Gênero: Drama
Duração: 1h 31min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: 12 Anos

TRAILER

3estrelas

Comente pelo Facebook