HOMEM DE FERRO (Crítica)

HOMEM DE FERRO

FICHA TÉCNICA

Título Original: Iron Man
Ano do lançamento: 2008
Produção: EUA
Gênero: Aventura
Direção: Jon Favreau
Roteiro: Art Marcum, Don Heck, Hawk Ostby, Jack Kirby, Larry Lieber, Laura Jean Shannon, Mark Fergus, Matt Holloway, Matthew Libatique, Rebecca Bentjen

Sinopse: Tony Stark (Robert Downey Jr.) é um industrial bilionário, que também é um brilhante inventor. Ao ser sequestrado ele é obrigado por terroristas a construir uma arma devastadora, mas, ao invés disto, constrói uma armadura de alta tecnologia que permite que fuja de seu cativeiro. A partir de então ele passa a usá-la para combater o crime, sob o alter-ego do Homem de Ferro.

Por Silas Mendes

HOMEM DE FERRO03

Adaptação cinematográfica dos quadrinhos da Marvel, Homem de Ferro adapta seu personagem para os tempos modernos, o colocando no meio da Guerra ao Terror e o usando de cola do Universo Marvel nos cinemas, iniciado “oficialmente” na cena pós créditos do filme.

Tony Stark é um bilionário arrogante e prepotente que age como se o mundo girasse em torno de si, trata todos a sua volta como seres estúpidos, com exceção de seu amigo James “Rhodey” Rhodes, de sua assistente Pepper Potts e de seu motorista Harold “Happy” Hogan.

Após uma demonstração de armas para o Exército Americano, o comboio onde Stark está é atacado por terroristas, a última coisa que Tony vê é uma bomba fabricada por sua própria empresa, a Stark Enterprises que ao explodir o alveja com estilhaços.

Tony então acorda numa caverna sendo tratado por Yinsen, que colocou um eletroimã em seu peito que impede que os estilhaços o matem. Os terroristas então forçam Stark a construir Jerichó, o míssel que ele antes demonstrara ao exército.

HOMEM DE FERRO02

Ao invés de fazer o que lhe é exigido, Stark substitui o eletroimã em seu peito por um reator e então cria uma armadura que garante sua fuga. De volta a realidade, Stark então tenta descobrir como as armas que sua empresa criou foram parar nas mãos da célula terrorista Dez Anéis.

Talvez uma das melhores adaptações de um personagem as telas, Homem de Ferro se destaca pela qualidade do roteiro e pela atuação de Robert Downey Jr. que se mostrou ser o Tony Stark perfeito.

Respeitando o tempo dos acontecimentos, Homem de Ferro consegue ser um filme ágil sem ter de apressar as coisas para que elas “aconteçam” o que torna a história de origem do Homem de Ferro mais “fácil” de se assimilar sem torná-la boba ou apressada para que haja ação e mais ação.

Dos 3 filmes o mais fechado e equilibrado, é o que melhor define todas suas personagens e situações sem pesar a mão em um elemento (como no humor em Homem de Ferro 2 e na ação/humor em Homem de Ferro 3), é o filme ideal da “trilogia”, mas Homem de Ferro 3 se destaca por mesclar em seus personagens acontecimentos do Universo Marvel (Os Vingadores).

Jon Favreau e produção nos entregam uma obra completa e redonda. Bons personagens ao lado de uma boa história ao lado de bons profissionais que criam um filme agradável e eficiente em nos apresentar seu personagem e parte de seu universo.

P.S. A cena pós-créditos, comum aos filmes da Marvel, mostra Tony e Nick Fury, líder da SHIELD e então temos a primeira referência direta a iniciativa Vingadores.

HOMEM DE FERRO01

PRÊMIOS

OSCAR
Indicações: Melhor Edição de Som e Melhores Efeitos Especiais

BAFTA
Indicação: Melhores Efeitos Especiais

TRAILER

4estrelas

Comente pelo Facebook