JUNTOS E MISTURADOS (Crítica)

JUNTOS E MISTURADOS

2estrelas

Por Emílio Faustino

Adam Sandller e Drew Barrymore estão de volta aos cinemas numa tentativa de comédia romântica que erra a mão ao apelar para estereótipos e piadas infantiloides.

JUNTOS E MISTURADOS01

O que dizer desse filme dirigido por Frank Coraci (“Click” e “O Rei da Água”), que mal estreou e eu já detesto tanto? Tahh que é uma comédia e as pessoas falam para a gente desligar o cérebro nessas ocasiões, mas dessa vez eu simplesmente não consegui e explico o porquê, mas depois, porque antes eu quero compartilhar com vocês leitores algumas de minhas dificuldades ao ver o Filme…

A primeira coisa que chama atenção no filme é: “UAU a Drew Barrymore esta cada dia mais linda” e em contrapartida: “Meu Deuuus como o Adam Sandller esta velho e acabado”. Sério eu passei os primeiros minutos do filme tentando não reparar nessa discrepância.

Superado isso, observando a trama mal elaborada (falo melhor sobre ela depois), fiquei me indagando: “”Que tipo de pessoa irá gostar desse filme?!” E a única resposta plausível que me ocorreu foi: as pessoas que costumam gostar dos filmes do Adam Sandller, porque não existe nada de novo na história ou na forma como as piadas infantis são conduzidas.

E quando eu falo infantil, é infantil mesmo! Do tipo: alguém imaginou que seria divertido ver uma senhorinha em cima de um jipe bater e sair voando e outra pessoa comprou a ideia e o resultado no cinema foram risadas constrangidas. Porque a gente sabe que é aquele momento você deveria rir, mas não vê graça no que esta sendo apresentado. Em pensar que quando eu tinha meus 10/11 anos eu adorava os filmes do Adan Sandler…

Sinceramente não sei se foram os filmes que pioraram ou se foi o meu senso crítico que ficou mais aguçado, mas isso definitivamente não vem ao caso…

JUNTOS E MISTURADOS02

Vamos à história do filme:

Jim (Adam Sandler) é um viúvo que tem um encontro às cegas desastroso com Lauren (Drew Barrymore), que se separou há pouco tempo devido à traição do marido. Depois do ocorrido, a última coisa que desejam é se reencontrar.

É claro que a dupla precisaria se reencontrar para o filme existir e fazem isso da forma mais manjada/forçada possível… Por conta de alguns incidentes, as duas famílias acabam num resort de luxo na África do Sul, cujo público-alvo são casais em segundas núpcias que precisam entrosar as duas famílias. Não apenas isso é conveniente, como também o fato de que Lauren poderá ajudar Jim com suas filhas, e vice-versa.

E nessa parte da história que o bicho pega, vejam bem, ela possui 3 filhos homens e ele 3 filhas mulheres. As filhas deles, não possuem a menor noção de vaidade e são comumente confundidas com garotos (eles realmente acharam isso muito engraçado, tanto que se tornou uma piada recorrente no filme). Já os filhos dela desprovidos da figura paterna não possuem o menor talento para o esporte.

E qual foi a solução que encontraram para essas famílias serem finalmente felizes?! Claro: juntar as famílias, afinal, dessa forma finalmente os meninos teriam uma referência masculina e as meninas uma referencia feminina. Oi!?!?!?

Esse foi o apogeu do estereótipo dos que pregam os valores da “boa família”. Como se um mãe ou um pai solteiro não pudesse dar subsídios para que seus filhos, independente do gênero, pudessem se desenvolver 100% sem a figura oposta a do criador. E como ficam os casais de gays e lésbicas nessa história?!

Sério, para mim, que sou gay assumido esse filme foi uma verdadeira afronta, totalmente pragmático, infantil e porque não dizer preconceituoso?

Sem contar a forma como eles mostraram a África do Sul. Se a gente fica puto quando só mostram floresta e mulheres em filmes que retratam o Brasil, imagino que o descontentamento não tenha sido diferente por parte dos sul-africanos ao ver um filme que apresenta apenas animais e festas.

“Juntos e misturados” é um filme fraco, que nada acrescenta, onde nem mesmo a química que um dia existiu entre Adam Sandller e Drew Barrymore salva o filme. Se existe algum aspecto positivo no longa? As paisagens são lindas!

JUNTOS E MISTURADOS03

SINOPSE

Jim (Adam Sandler) é um viúvo que tem um encontro às cegas desastroso com Lauren (Drew Barrymore), que se separou há pouco tempo devido à traição do marido. Depois do ocorrido, a última coisa que desejam é se reencontrar. Entretanto, quando Jen (Wendi McLendon-Covey), a sócia de Lauren, desiste de uma viagem à África com o namorado e seus cinco filhos, surge a oportunidade para que Lauren desfrute do passeio ao lado de Brendan (Braxton Beckham) e Tyler (Kyle Red Silverstein), seus filhos. O que ela não esperava era que o namorado de Jen também negociasse o pacote com Jim, um de seus funcionários. Ou seja, Jim e suas três filhas encontram Lauren e seus dois filhos em um resort de luxo na África, tendo que dividir as mesmas dependências durante uma semana.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Frank Coraci” espaco=”br”]Frank Coraci[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Clare Sera e Ivan Menchell
Título Original: Blended
Gênero: Comédia
Duração: 1h 57min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 10 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. Mateus

    Péssima crítica. totalmente parcial e cOM teor doutrinário, deduzindo e distorcendo todos OS valores indicados no filme. É um filme incrível e que deveria haver mais espaço para filme simples sem apelos sexuais e doutrinação ideológica. Ridículo crítica e sem qualquer senso de filme de comédia/romântica que PODia fazer. Crística não é acabar com o que você não gosta. É insistir em teor técnico sem ofensas e posição de destruir um trabalho realizado. Melhore e certamente suas críticas melhorarão!