MINHA MÃE É UMA PEÇA (Crítica)

MINHA MAE E UMA PECA

Por Igor Pinheiro

MINHA MAE E UMA PECA01

O sucesso de Minha Mãe é uma Peça no teatro foi reconhecido por muita gente e até hoje é aclamado por quem assiste. O motivo disso é, basicamente, o talento de Paulo Gustavo. À frente do programa 220 Voltz, no Multishow, a carreira do ator só cresce e o lançamento do filme baseado na peça que o fez ascender chega para ajudar ainda mais o sucesso de Paulo.

Minha Mãe é uma Peça – O Filme acompanha Dona Hermínia, que, após se ofender com desabafos dos filhos sobre a relação entre eles, resolve passar um tempo na casa de uma tia, onde relembra momentos marcantes de sua vida como mãe. É muita fácil se identificar com todos os personagens da história e as situações vividas. É aí que o filme ganha (e muito).

A relação entre pais e filhos pode parecer um tema que já foi abordado demais, mas é impossível não se envolver em algum momento com a temática principal no longa. Duvido (te desafio, leitor) a não estar com os olhos brilhando nos momentos finais do filme, a não dar pelo menos uma risada alta ao perceber que já ouviu da boca da própria mãe uma das falas presentes no filme, que, no final das contas, é sobre isso. Paulo Gustavo não esconde de ninguém o amor por sua inspiradora mãe, dando até um jeito de deixá-la presente durante os créditos. Emociona, juro.

MINHA MAE E UMA PECA02

Vale aplaudir de pé o elenco e até mesmo a estética do filme. O primeiro ponto se destaca por apresentar um grupo completamente dedicado e com uma química para comédia muito difícil de ser vista, mesmo que alguns tenham poucas participações. Alguns momentos parecem improvisados da maneira perfeita, sem sair dos limites ou com alguém aparecendo mais, e provavelmente falas marcantes de alguns personagens estarão presentes no vocabulário de alguns espectadores daqui a algum tempo. A estética chama atenção principalmente nas passagens do filme que foram feitas para chorar, você vai perceber quando assistir. A sequência da festa dos adolescentes em casa é perfeita para falar sobre isso, eles querem, sem esconder, causar nostalgia nos mais velhos que assistem ao filme e nos jovem que se identificam completamente com as cenas, ao mesmo tempo em que te dá um aperto no peito, ainda mais com o desfecho apresentado. É difícil de explicar, mas faz sentir de um jeito que um filme não me fazia sentir há um bom tempo.

O roteiro peca um pouco pela rapidez, no geral (o filme não deve passar de 80 minutos, sério) e, principalmente, ao se aproximar do fim. Muitas coisas começam a acontecer de forma muito rápida e a necessidade de mostrar todos os personagens juntos quase atrapalha, parece um epílogo grande e meio forçado. A adaptação de um texto de teatro fica um pouco clara, mesmo para quem não viu a peça, mas isso já não atrapalha tanto no resultado final.

Enfim, Minha Mãe é uma Peça é filme marcante e para toda família. Paulo Gustavo merece todo o sucesso pelo trabalho, parece ser o tipo de pessoa que liga pouco para fama, se dedica completamente ao trabalho e colhe os frutos desse comportamento de forma muito positiva. De novo, o cara merece. Por ir conferir o filme, leitor. E vê se leva sua mãe junto para ela chorar e te abraçar no final, porque “botar no mundo é fácil, difícil é criar.

MINHA MAE E UMA PECA03

SINOPSE

Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade que está aposentada e não tem muitas ocupações, sendo que sua maior preocupação é achar o que fazer. Ela é uma mãe dedicada e está sempre preocupada com os filhos, só que eles cresceram, e já não precisam tanto dela, o que a deixa entediada. Sem um trabalho, um companheiro ou filhos pequenos para se ocupar, Dona Hermínia passa o dia todo desabafando sobre seus problemas com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a amiga confidente.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”André Pellenz” espaco=”br”]Andre Pellenz[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Felipe Braz e Paulo Gustavo
Título Original: Minha Mãe é uma Peça – O Filme
Gênero: Comedia
Duração: 1h 24min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: 12 Anos

TRAILER

4emeio_certo

Comente pelo Facebook

3 Comentários

  1. JOAO L.

    Mtu bom!

  2. Fabio Gueiros

    Crítica perfeita…Filme perfeito!!

  3. Carlos Júnio de Olivera

    Um dos poucos filmes brasileiro divertido, sem apelar p sensualidade pra fazer sucesso! Parabéns aos idealizadores! O brasil agradece!!!