NARCOS | 1ª Temporada (Crítica)

Narcos

4estrelas

Por Kadu Silva

NARCOS03

Narcos é uma série original da Netflix, que conta a história do narcotráfico na América, mas especificamente na Colômbia, onde existia o cartel de Medelín e o seu famoso fundador Pablo Escobar.

Diferente do que muitos pensam a série não é brasileira, a produção é dos Estados Unidos, com a supervisão do Produtor Executivo e diretor de José Padilha (Tropa de Elite). Ou melhor a série é multinacional, tem profissionais de diversos países envolvidos, claramente, com objetivo de agradar a um grande público.

A série é narrada pelo personagem de Boyd Holbrook, o Steve Murphy, no início, a tal narrativa é fundamental para posicionar o espectador a trama, no entanto, no decorrer dos capítulos ela se torna um problema, dado a série um aspecto didático, desnecessariamente. Este recurso, soa mal, afinal, parece que os produtores subestimam o seu público e precisam explicar o porquê de cada acontecimento.

Mas isso não é um problema tão grave, afinal a série engloba um conteúdo riquíssimo, sendo em determinados momentos até inacreditáveis de tão absurdos, é por isso, que vários dos acontecimentos mostrados é mesclado com imagens reais, para não parecer delírio de roteirista.

Narcos não se foca somente em mostrar o poder da máfia das drogas, ela vai além, e mostra a influência norte-americana nos rumos políticos dos países da América do Sul, mostra a disputa entre a CIA (Central de Inteligência Americana) e o DEA (Departamento de Justiça dos Estados Unidos), mostra o legado da colonização e a submissão da América Latina ao poder norte-americano (ainda que eles não tivessem, sido os colonizados, mas hoje são os “donos do mundo”), mostra também como um homem, pode se tornar uma lenda, através de seus atos, além de outros vários assuntos. De fato é uma série viciante, e repleta de acontecimentos que prendem a atenção do espectador. É uma série que ensina muito sobre a história da América nos anos 80 e 90.

NARCOS01

Mesmo com todo este rico conteúdo histórico, que por si só, já valeria a pena assistir, os produtores, “apelaram”, para diversas cenas de nudez e sexo, quase todas desnecessárias para o desenvolvimento da trama. Fica impossível não lembrar de Game of Thrones, nestes momentos.

Tecnicamente a série é primorosa, fotografia espetacular, direção de arte, formidável, a recriação de época é de tirar o chapéu, a trilha sonora também é outro acerto, sem contar os figurinos, a maquiagem, tudo foi pesquisado com riqueza de detalhes, impressiona.

Voltando a citar deslizes, um “problema”, que apontaria na série é o fato dela se focar, quase que exclusivamente, nos três principais personagens, o Pablo Escobar e os investigadores Javier Pena e Steve Murphy, já os personagens secundários, não têm o desenvolvimento bem aproveitado na narrativa, entram e saem da trama do mesmo jeito. Ainda assim alguns conseguem se sobressair como Stephanie Sigman, que faz a repórter Valeria Velez brilhantemente, Maurice Compte, que faz o policial honesto e mostra muito vigor em cada cena em que está presente e quem rouba a cena é Luis Guzmán, que faz o traficante José Rodríguez Gacha. Já sobre o trio de protagonista, Wagner Moura é perfeito no papel de Pablo, sua composição é impecável, nos trejeitos físicos e principalmente no olhar intimidador. Sobre Moura, muito se falou, a respeito de seu sotaque, mas ainda que não fale espanhol, acredito que qualquer pessoa que não tenha vivido desde novo em um país que fale espanhol vai mostrar sotaque ao falar a língua, portanto é algo irrelevante. Já Boyd Holbrook, começou meio sem frio com o seu personagem Steve Murphy, mas nos últimos capítulos, até pela mudança de comportamento de seu anti-herói, começou a mostrar que é um ator interessante e por fim Pedro Pascal, que é super carismático e leva fácil seu personagem Javier Pena.

Narcos é uma série com pontos altíssimos de forma geral, mas que apresenta pequenos deslizes, que são facilmente compreensivos, é por isso que é uma das melhores séries do ano.

NARCOS02

FICHA TÉCNICA

Direção: José Padilha, Guillermo Navarro, Andi Baiz e Fernando Coimbra
Criador: Chris Brancato
Título Original: Narcos
Gênero: Drama, Policial
Capítulos: 10
Ano de lançamento: 2015
Classificação etária: 16 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook