NO OLHO DO TORNADO (Crítica)

NO OLHO DO TORNADO

3estrelas

Por Victor Piacenti

NO OLHO DO TORNADO01

Eu amo ‘filmes catástrofe’ e uma das coisas de maior prazer que eu tenho na vida, é ver uma cidade sendo destruída nas telas do cinema, não importa a maneira, quanto mais catástrofe tiver, melhor. Não sabia muito bem o que esperar desse filme e olha, confesso que tive uma grata surpresa.

Em ‘No Olho do Tornado’ somos apresentados a uma equipe que está gravando uma espécie de documentário e reality show sobre… tornados, dãã. Daí que eles tão naquela correria, indo pra lá e pra cá em busca da tempestade perfeita. O problema é que ao constatar que um toró daqueles vai atingir uma pequena cidadezinha, eles não imaginavam que essa seria a maior tempestade da história e que nem mesmo os melhores profissionais estarão a salvos da fúria da natureza. Vish…

Ao chegar na cabine de imprensa de ‘No Olho do Tornado’, eu tive uma surpresa: o filme seria exibido em 4D, uma sala nova em SP onde a poltrona treme de acordo com os efeitos do filme, temos vapor, água, flashs, vento, cheiro e por aí vai.. gente, eu só tinha visto isso naqueles cinemas do Hopi Hari, saca? E sério, até mesmo um filme com uma história fraquinha como esse, fica incrível com uma interatividade dessas. Não achei o filme tããão ruim, pra início de conversa, mesmo com uma história bem mela cueca, temos efeitos ótimos e cenas de tirar o fôlego, bem intensas mesmo, coisas que realmente importam em um filme desse tipo, né? Essas cenas misturadas com os efeitos da poltrona chacoalhando (e sim, elas tremem MUITO), o vento na sala, a água e os flashs, realmente davam a impressão de que eu estava no meio daquilo tudo. Se o cinema tem a missão de fazer você imergir no filme, essa sala faz isso com louvor. Não vou ser injusto e dizer que o mérito tenha sido só da sala, não.. o roteiro ágil também ajudou muito com tudo isso, as coisas acontecem rápido e não dá tempo pra sentir tanto tédio.

NO OLHO DO TORNADO03

O problema de ‘No Olho do Tornado’ é que ele mistura a trama dos caçadores de tempestade, com a de uma família chata da cidadezinha sofredora. Não bastando essa família ser chata, eles estão atrás do filho mala que fugiu pra ajudar a menina que ele é interessadinho, que também é outra tapada. Esse casalzinho, além de ser interpretado por dois péssimos atores, não acrescenta nada na história e só toma o tempo do que realmente interessa, totalmente dispensável. Mas enfim, quando o bicho pega e o tornado chega aonde deveria, menino do céu.. meus olhos brilhavam e eu parecia uma criança assistindo. É aquele típico filme pra você se divertir e passar o tempo mesmo, tem quem goste, tem quem não goste.

‘No Olho do Tornado’ é um filme legal, mesmo tendo varias falhas. Óbvio que não é o melhor filme do tipo e também não vai mudar sua vida, mas com certeza vai te divertir e fazê-lo ficar vidrado nas cenas de ação. Ele alterna em momentos muito bons e momentos muito ruins, mas ainda assim a história consegue te prender e fazer você sentir medo vivenciar uma situação dessas. Diversão garantida pra quem ta querendo ver um filme barulhento e lotado de efeitos, posso garantir que vocês já viram filmes piores.

PS: Se você mora em SP, assista na sala 4D do Shopping JK, 🙂

NO OLHO DO TORNADO02

SINOPSE

Um grupo de cientistas caçadores de tempestades liderado pelo ambicioso Pete (Matt Walsh), que contrata a cautelosa meteorologista Allison Stone (Sarah Wayne Callies) para ajudar na aventura; o comportado adolescente Donnie Morris (Max Deacon), que resolve faltar a própria cerimônia de formatura para ajudar Kaitlyn (Alycia Debnam-Carey), por quem é apaixonado, em um projeto escolar – por sugestão do irmão fanfarrão Trey (Nathan Kress) – e a dupla acaba soterrada em uma antiga fábrica, de onde o pai dos meninos, Gary (Richard Armitage) tentará resgatá-los; uma dupla de bobalhões que faz de tudo para ficar famosa no YouTube. Esses são os personagens centrais que terão de enfrentar a fúria do maior tornado que a natureza já produziu.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Steven Quale” espaco=”br”]Steven Quale[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: John Swetnam
Título Original: Into the Storm
Gênero: Ação, Thriller
Duração: 1h 29min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 12 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook