O HERDEIRO DO DIABO (Crítica)

O HERDEIRO DO DIABO

meio

Por Kadu Silva

O HERDEIRO DO DIABO02

Reconheço que não sou um escritor primoroso e que tenho e quero melhorar muito ainda. No entanto sei reconhecer quem tem o domínio do riscado. Digo isso, por que eu teria vergonha de vincular meu nome a um roteiro em que as falhas é o que mais chama atenção nele.

É exatamente o que acontece com o roteiro de Lindsay Devlin e Zoe Green para o filme O Herdeiro do Diabo. Numa clara tentativa de misturar o suspense/terror de O Bebê de Rosemary com estilo de filmagem de Atividade Paranormal, o longa se perde na coerência do que está sendo narrado (vou explicar melhor a seguir).

A história que apresenta elementos de grande potencial, mas que foram desperdiçados, mostra um casal, que decide que a partir do último dia de solteiro irão filmar todos os grandes momentos juntos para que no futuro, o filho deles, tenha registro do que eles viveram (boa ideia para justificar o uso da câmera da mão). Durante a lua de mel, depois de uma bebedeira o casal acaba passando por um ritual macabro (sem saber), o que ocasiona numa mudança repentina na mulher, que dias depois descobre que está grávida e pelo titulo do filme você já sabe de quem.

O HERDEIRO DO DIABO03

Nota-se que os roteiristas tinham uma boa intenção, já que o filme é estruturalmente bem pensando, mas dá a sensação que não foi passado por uma revisão final, onde se pode melhor ou amenizar falhas, o que acarretou num desastroso resultado.

Para não soltar spoilers não vou listar as falhas, mas uma delas, a mais grave e que não estraga a quem for assistir é que o marido de Samantha, está preso, acusado de vários crimes, e está prestando depoimento na policia no começo do filme e a partir dai, é que acompanhamos o que aconteceu com o casal. Bom, se tudo foi filmado por Zach, porque a policia não assisti as gravações e esclarece os fatos? Ou seja cadê a coerência? Já que quando se usa o recurso da câmera na mão, a ideia é que o filme é resultado do que foi achado dos registros gravados por alguém, correto? Então…

Ah tem outro “absurdo”, a câmera amadora é capaz de ângulos impressionantes – que para uma filmagem despretensiosa não tinha lógica de existir – mas o melhor ao ver nesse tipo de filme é deixar o cérebro de lado.

Se não bastasse o fraco roteiro, os diretores Tyler Gillett e Matt Bettinelli-Olpin, usam e abusam dos clichês, a ponto de tornar o já previsível roteiro numa quase piada. Sustos desnecessários, chuva no ponto de virada da trama, as pessoas entrando em lugares em que não deviam, um cachorro que sente a presença do mal e ai por diante, numa clara maneira de dar tudo mastigado ao público.

Outro recurso clichê, mas que nesse caso é necessário é o elenco composto de rostos pouco familiares, que na verdade praticamente é todo focado no casal principal, onde ambos conseguem levar bem seus personagens.

Infelizmente o difícil é encontrar algo positivo nessa bomba cinematográfica. Então se você leitor quiser um conselho, vai sim no cinema, mas veja algo mais inteligente e que valha seu ingresso. Fica a dica!

O HERDEIRO DO DIABO01

SINOPSE

Logo após o casamento de Jack e Samantha, este casal apaixonado recebe a boa notícia: eles vão ter um bebê. A gravidez chega antes do planejado, mas os dois ficam contentes e começam a se preparar para a chegada do primeiro filho. Samantha começa a ficar cada vez mais tensa, nervosa. Inicialmente, todos acreditam que são apenas os hormônios em transformação, mas logo percebem que uma força maligna se apoderou do corpo dela.

ELENCO

[do action=”cast” descricao=”Allison Miller (Samantha McCall)” espaco=”x”]Allison Miller[/do][do action=”cast” descricao=”Zach Gilford (Zach McCall)” espaco=”br”]Zach Gilford[/do]

DIREÇÃO

Tyler Gillett e Matt Bettinelli-Olpin

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Lindsay Devlin e Zoe Green
Título Original: Devil’s Due
Gênero: Terror
Duração: 1h 37min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 14 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

2 Comentários

  1. Alice

    Eu deveria ter lido sua critica antes,
    Assisti o filme ontem e realmente não valeu a pena gastar meu ingresso com ele, filme cheio de clichês e sinceramente nao me assustou nenhum pouco. Não recomendo este filme para ninguém kk
    Bjsss…

  2. Ana

    O filme é extremamente interessante em relaçao á sua intençao e historia . Porém todo esse recurso foi desperdiçado em cenas monótonas , falta de coerencua e clichês absurdos ! Quem assistiu sabe , que o mais frustante é ter esperança até o último segundo do filme de que irá haver uma cena que realmente dê medo ..