O INSULTO (Crítica)

Kadu Silva

Tempestade num copo d’água

Existe no mundo diversas situações sociais muitas vezes vistas como quase irreais por povos muito distantes, o conflito muitas vezes motivado por religião é um dos que mais impressiona quem vê tudo de longe. O diretor libanês Ziad Doueiri (O Atentado), em seu filme O Insulto mostra como uma “banal” discussão pode ser o estopim para um princípio de quase guerra civil num país que a anos convive com traumas da guerra entre palestinos e israelitas.

A história se passa em Beirute, onde Toni (Adel Karam) é um cristão libanês que sempre rega suas plantas na varanda de sua casa, certo dia ao realizar tal atividade, acaba molhando sem querer, Yasser (Kamel El Basha), um refugiado palestino. Diante de tal ocorrido e por não conseguirem dialogar para resolver a situação, o banal acontecimento evolui para um julgamento com cobertura midiática e com forte apelo nacional.

O roteiro do também diretor Ziad Doueiri consegue criar durante as quase duas horas de filme a crescente tensão que sai do micro local da rua que inicia a discussão para o macro debate nacional, com reviravoltas surpreendentes, que tira o espectador de sua zona de conforto em alguns momentos durante a narrativa, com isso, é facilmente possível levar o público para se colocar diante da situação retratada, e isso ocorre, porque Doueiri, não escolhe um lado, mostra a humanidade de ambos os oponentes da disputa com seus erros e acertos.

O INSULTO (Crítica)

Apesar dessa competente condução o desfecho do longa acaba soando fora de tom, principalmente porque o comportamento de alguns personagens que durante todo o filme agem de tal forma muda radicalmente, o que pode frustrar alguns espectadores que estão completamente imersos na trama.

O elenco está extremamente bem no filme, dos protagonistas aos coadjuvantes, todos encontram o momento de brilhar durante a narrativa. A montagem do filme também se destaca por conseguir tornar o longa uma elipse constante de tensão que só aumenta a cada segundo.

O Insulto é uma potente mensagem sobre como a humanidade ainda tem muito a evoluir em diversos aspectos.

P.S.: Para que o filme ganhe ainda mais impacto ao assisti-lo, recomendo que você leitor tenha o mínimo de conhecimento sobre o conflito que existe entre os dois povos, nesse link (clique aqui), é possível de forma resumida entender o que ocorre entre eles.

Pôster de divulgação: O INSULTO

Pôster de divulgação: O INSULTO

SINOPSE

Beirute. Toni (Adel Karam) é um cristão libanês que sempre rega as plantas de sua varanda e um dia, acidentalmente, acaba molhando Yasser (Kamel El Basha), um refugiado palestino. Assim começa um intenso desacordo que evolui para julgamento com ampla cobertura midiática e toma dimensão nacional.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Ziad Doueiri” espaco=”br”]Ziad Doueiri[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Ziad Doueiri, Joëlle Touma
Título Original: L’Insulte
Gênero: Drama
Duração: 1h 52min
Classificação etária: 14 Anos
Lançamento: 8 de fevereiro de 2018 (Brasil)

VEJA TAMBÉM

Comente pelo Facebook