O Processo (Crítica)

Kadu Silva

O verdadeiro cinema político

Um dos fatos político recentes do nosso país, o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ganha um documentário “necessário” nesse ano tão importante como o da escolha de um novo presidente (claro que se não houver um novo golpe).

A cineasta Maria Augusta Ramos (Morro dos Prazeres), mergulhou durante todo o processo de impeachment nos corredores do planalto federal e mostra sem filtro os dois lados desse fato histórico, que o tempo certamente vai mostrar que se trata de um golpe sem precedentes para nossa recente democracia.

O Processo (Crítica)

O documentário é simples e direto, não apresenta uma montagem diferenciada ou mesmo uma ideia original, Maria se esforça para mostrar os fatos da melhor e mais ampla forma, já que eles por si só já tem o poder causar o verdadeiro impacto que se busca numa obra cinematográfica. E diferente do que se imagina, o filme não é sobre a presidente e sim sobre todo o processo que a levou ao impeachment, os personagens que foram fundamentais para o ocorrido é que ganham destaque durante todo o filme e ai tem um dos possíveis problemas que alguns podem apontar sobre o longa, já que é uma obra com muito termos técnicos e praticamente todo pautado pelo dialogo fervorosos, além disso, há quem posso dizer que o olhar da diretora escolhe um lado, mas quanto fatos não se tem argumento, não existe suposição, tudo é mostrado em vídeo, esfregado na cara do espectador cada momento (vergonhoso) que vai demorar muito tempo para sair de nossas mentes.

Apesar dos termos técnicos, a diretora faz uso da narrativa linear e de legendas, para que cada fato fique claro durante o processo de impeachment e que assim o espectador veja e reflita sobre tudo que foi feito em Brasilia e que vai impactar e muito o futuro da nação.

O Processo é um filme indigesto com um remédio amargo, mas necessário para tentar curar essa doença que assola nossa país, que é a corrupção enraizada.

Pôster de divulgação: O Processo

Pôster de divulgação: O Processo

SINOPSE

O documentário acompanha a crise política que afeta o Brasil desde 2013 sem nenhum tipo de abordagem direta, como entrevistas ou intervenções nos acontecimentos. A diretora Maria Augusta Ramos passou meses no Planalto e no Congresso Nacional captando imagens sobre votações e discussões que culminaram com a destituição da presidenta Dilma Rousseff do cargo.

DIREÇÃO

 Maria Augusta Ramos

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Maria Augusta Ramos
Título Original: O Processo
Gênero: Documentário
Duração: 2h 17min
Classificação etária: Livre
Lançamento: 17 de maio de 2018 (Brasil)

VEJA TAMBÉM

Comente pelo Facebook