O REI LEÃO (Crítica)

O REI LEAO

5estrelas

FICHA TÉCNICA

Título Original: The Lion King
Ano do lançamento: 1994 e 2011 (em 3D)
Produção: Estados Unidos
Gênero: Drama, Aventura
Direção: Roger Allers, Rob Minkoff
Roteiro: Linda Woolverton, Lorna Cook e Chris Sanders

Sinopse: Mufasa (James Earl Jones), o Rei Leão, e a rainha Sarabi (Madge Sinclair) apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba (Matthew Broderick). O recém-nascido recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki (Robert Guillaume), mas ao crescer é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar (Jeremy Irons), o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono.

Por Kadu Silva

Emoção atemporal

O REI LEAO03

Muito se falou sobre a decisão da Disney em relançar o clássico O Rei Leão em uma versão 3D para os cinemas, uns disseram que é puro caça níqueis outros foram a favor, mas seja lá por que motivos for, a única coisa que de fato é importante ressaltar é que mesmo passados 16 anos o filme continua com o mesmo encantamento que causou em seu lançamento pela primeira vez.

Eu no cinema…

Entro, compro o ingresso, sento na minha poltrona, coloco os óculos 3D, acaba os comerciais e em seguida os trailers e ai como se eu voltasse no tempo meu coração é invadido novamente por aquela arrepiante música de abertura do filme (Circle Of Life), com o coral africano saudando mais uma vida que nasce no reino animal, e como uma criança choro diante dessa cena antológica que nos apresenta mais uma vez a mais famosa e linda história dos estúdios Disney.

Difícil isso, mas para quem não conhece a história, ela mostra a trajetória de Simba o herdeiro do reino desde seu nascimento até o seu reinado, tudo para que possamos entender o circulo da vida na natureza.

Poderia aqui dizer o porquê do filme ser um clássico, porque ele ganhou 2 Oscars ou porque até hoje encanta crianças e a adultos mundo a fora, mas prefiro dizer que existem momentos que não se pode pagar por nada nessa vida, e ir novamente aos cinemas para ver essa obra prima é um deles.

O REI LEAO01

Ah eu sei o mais importante nesse relançamento são os efeitos 3D e sim, como é praxe nos estúdios Disney, mesmo sendo uma conversão o filme conseguiu utilizar o recurso muito bem, refazendo a olhos vistos algumas cenas para dar ainda mais encantamento nessa versão.

Sem dúvida que o Ccine10 recomenda para quem não assistiu a primeira vez o filme no cinema e para quem assistiu também, porque, posso te garantir a satisfação ao sair do cinema continua ainda mais incrível.

Não posso deixar de terminar o relato dessa experiência, pois passados os 88 minutos do filme e já ter chorado em muitos deles com as belas cenas e com os diálogos memoráveis e as lições de vida eternas, o filme termina reafirmando o circulo da vida e nesses momentos raros, a sala tomada por crianças, adolescentes e adultos, merecidamente ele é ovacionado com aplausos longos e novamente me emociono com esse eterno e mágico filme que nunca saiu e acho que nunca sairá da minha memória emotiva, pois para um cinéfilo apaixonado pela sétima arte certos momentos ou certos filmes fazem parte da vida, essa vida que é um circulo sem fim.

… (ouvindo na mente aquele coral africano e novamente me arrepiando).

O REI LEAO02

DESTAQUE

Para os estúdios Disney, por me dar de presente a oportunidade de novamente ver esse lindo filme na telona e novamente me emocionar e me encantar com esses ótimos e inesquecíveis personagens (Timão e Pumba – “Hakuna Matata”). OBRIGADO DISNEY, esse humilde cinéfilo agradece.

PRÊMIOS

OSCAR
Ganhou: Melhor Trilha Sonora – Hans Zimmer, Melhor Canção Original – “Can You Feel the Love Tonight”

Indicações: Melhor Canção Original – “Circle of Life” e “Hakuna Matata”

GLOBO DE OURO
Ganhou: Melhor Filme – Comédia/Musical, Melhor Trilha Sonora, Melhor Canção Original – “Can You Feel the Love Tonight”

Indicação: Melhor Canção Original – “Circle of Life”

BAFTA
Indicações: Melhor Trilha Sonora e Melhor Som

TRAILER

Comente pelo Facebook