OBLIVION (Crítica)

Oblivion

Apenas um filme mediano

Nem bom nem ruim, Oblivion é um filme que acerta e muito em alguns aspectos e peca feio em outros, isso o torna apenas mediano dentro de suas pretensões.

A história é manjada e foi baseada nos quadrinhos do diretor, roteirista e produtor do filme Joseph Kosinski. Nele conhecemos Jack Harper (Tom Cruise) um soldado responsável pela manutenção de equipamentos que captam o que restou de recursos naturais da Terra no ano 2077, depois de uma guerra com alienígenas, onde os humanos ganharam, mas perderam a terra.

Jack vive numa bela casa que é uma espécie de base onde Vika (Andrea Riseboroung) monitora os passos de Jack fora dela.

Eles estão prestes a deixar a Terra e viver em um país “perfeito”, mas Jack vive com perguntas que o fazem tentar encontrar sua origem, naquele ambiente hostil, é esse conflito do protagonista que carrega o filme.

Mas o roteiro é o grande problema do longa-metragem, pois Kosinski não consegue desenvolver de forma bem estruturada a narrativa dos acontecimentos, seja pelos fracos diálogos ou mesmo pela trama que não encontra uma forma criativa de ser apresentada, sem contar que o final é extremamente preguiçoso, sem um pingo de originalidade.

OBLIVION01

Kosinski formado em arquitetura, constrói ambientes deslumbrantes, fazendo da base que é também a casa momentânea de Vika e Jack, um moderno e futurista, mas aconchegante ambiente familiar, além disso, ajudado pela direção de fotografia inspirada, consegue de forma bem delimitada principalmente pelas cores, mostrar os diferentes ambientes em que os protagonistas passam, recurso que auxilia no melhor entendimento da trama.

Mas o grande acerto do filme é em suas homenagens e referencias, para começar Jack é praticamente o Wall-E, live action, é claramente inspirado nessa forma humanista que a animação apresentou que o personagem de Jack é desenvolvido, mas não para por ai, vemos referencias a 2001: Uma Odisseia no Espaço, Star Wars, Top Gun e assim por diante. Tudo isso tem um poder de conectar mais o espectador com a trama, pois trás familiaridade com a projeção.

O elenco está bem, sem nenhum grande destaque, entre eles é triste ver Morgan Freeman e Nikolaj Coster-Waldau sendo praticamente figurantes em função do roteiro falho, sem contar Melissa Leo que nem sabemos direito de onde veio, porque veio, se existe ou se é algo computadorizado, enfim, o roteiro só pensou mesmo no protagonista.

Oblivion tem uma direção de arte impecável, o elenco afinado, a fotografia inventiva, mas seu roteiro e direção se mostram falhos e pouco criativos, por isso o filme só se torna interessante aos fãs do gênero ou dos atores, para os outros indico esperar para ver em DVD ou Blu-ray.

DESTAQUE

As canções que acabam sendo executadas durante o filme são de muito bom gosto, a trilha sonora mesmo em si, achei fraca, muito clichê.

SINOPSE

2077. Jack Harper (Tom Cruise) é o responsável pela manutenção de equipamentos de segurança em um planeta Terra irreconhecível, visto que a superfície foi destruída devido a confrontos com uma raça alienígena. O que restou da humanidade vive hoje em uma colônia lunar. Jack irá para este local daqui a duas semanas, já que está perto de terminar seu trabalho na Terra. Só que, um dia, ele encontra uma espaçonave que traz uma mulher dentro. Ao conhecê-la, tudo o que Jack sabe até então é posto em dúvida. É o início de uma jornada onde ele precisará descobrir o que realmente aconteceu no passado.

OBLIVION02

ELENCO

[do action=”cast” descricao=”Tom Cruise (Jack)” espaco=”x”]Tom Cruise[/do][do action=”cast” descricao=”Olga Kurylenko (Julia)” espaco=”x”]Olga Kurylenko[/do][do action=”cast” descricao=”Morgan Freeman (Malcolm Beech)” espaco=”x”]Morgan Freeman[/do][do action=”cast” descricao=”Andrea Riseborough (Victoria)” espaco=”br”]Andrea Riseborough[/do]

DIRETOR

[do action=”cast” descricao=”Joseph Kosinski” espaco=”br”]Joseph Kosinski[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Arvid Nelson, Joseph Kosinski, Karl Gajdusek, Michael Arndt, William Monahan
Título Original: Oblivion
Gênero: Ficção Cientifica
Duração: 2h 6min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: 12 Anos

TRAILER

3estrelas

Comente pelo Facebook