ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS (Crítica)

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS

2estrelas

Por Victor Piacenti

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS01

Juro que fui assistir este filme na maior boa vontade, afinal sátiras são sempre bem vindas (desde que bem feitas) e acho sensacional essa ideia de pegar uma trama de Jane Austen e misturar com zumbis, um tema que está em evidência ultimamente. Não que estivesse com grandes expectativas, mas é óbvio que esperava dar um pouco de risada e me divertir com uma trama bizarra de ação e romance, nada disso aconteceu e querem saber o motivo? ‘Orgulho e Preconceito e Zumbis’ é um filme extremamente sem sal e que mesmo com uma boa produção e um ou outro destaque não chega a empolgar em momento algum. Se me permitem a comparação ele é tipo um Big Mac, pela foto é uma maravilha, mas quando você abre a caixinha…

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS03

Para começar a trama é uma loucura, eles realmente conseguiram transportar os personagens da autora para um mundo habitado por zumbis, mas mesmo reimaginando o cenário tudo parece que está totalmente perdido e desfocado. É engraçado ver Elizabeth Bennet e suas irmãs retratadas como guerreiras assassinas e o Sr Darcy como um caçador de zumbis, mas em meio à referências da história original e a tentativa de uma nova, o resultado é um samba do criolo doido com muitas cenas gratuitas e um humor que não mostra a que veio. O problema maior está no roteiro e os caminhos que ele segue, pois essa nova roupagem dos personagens daria uma trama divertidíssima caso tivesse um rumo, ao final de tudo os zumbis acabam ficando em segundo plano e não fazem diferença no que estamos vendo. Nós sabemos que eles estão ali, mas eles simplesmente não mostram qual o seu propósito e isso é muito decepcionante. A história é extremamente mal aproveitada e toda a premissa é jogada fora a troco de nada 🙁

Mesmo com todos os defeitos e falta de ritmo, não cheguei a detestar este filme. Gostei muito do figurino e da fotografia, são realmente muito bonitos e a abordagem dos zumbis se transformando gradualmente, mantendo sua ‘humanidade’ de acordo com sua alimentação é bem interessante, pena que ela não se sustenta. Achei criativo também o lance das moscas para detectar infectados pela peste, mas ainda assim… falta ação, falta humor, falta um pouquinho de tudo ali, o resultado podia ter sido muito diferente e isso me deixou triste, eles jogaram fora algo que poderia render ótimos momentos. ‘Orgulho e Preconceito e Zumbis’ é nitidamente um filme que tinha tudo para ser legal e divertido, mas peca por ter um elenco sem nenhuma química e uma história com acontecimentos sem muita emoção ou tensão, saí do cinema indiferente a tudo o que aconteceu e isso é muito, muito ruim. Podemos dizer que a intenção foi boa, pena que o inferno está cheio delas…

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS02

SINOPSE

Uma misteriosa praga espalha zumbis sobre a terra nesta releitura do clássico conto de Jane Austen, que expõe a relação entre os amantes de diferentes classes sociais no século 19, na Inglaterra. A heroína Elizabeth Bennet (Lily James) é mestre em artes marciais e armas e o belo Mr. Darcy (Sam Riley) é um assassino voraz de zumbis, que alimenta e sintetiza o preconceito por ser de uma classe superior. Na medida em que o surto de zumbis se intensifica, eles devem engolir seu orgulho e unir forças no campo de batalha encharcado de sangue, a fim de conquistar o mundo dos mortos-vivos de uma vez por todas.

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Burr Steers” espaco=”br”]Burr Steers[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: David O. Russell, Burr Steers
Título Original: Pride and Prejudice and Zombies
Gênero: Terror, Ação, Comédia
Duração: 1h 48min
Ano de lançamento: 2016
Classificação etária: 12 Anos
Lançamento: 25 de fevereiro de 2016 (Brasil)

TRAILER

Comente pelo Facebook