OZ, MÁGICO E PODEROSO (Crítica)

oz_magico_e_poderoso

Por Silas Mendes

“Oz Mágico e Poderoso” pode agradar pelos cenários e criaturas digitais e até por Rachel Weisz, mas peca por possuir um protagonista pouco carismático e uma história simplista.

James Franco interpreta o irritante e pouco interessante Oz (O Mágico e Poderoso do título), um arrogante e farsante mágico de um circo itinerante do Kansas que em uma fuga desesperada acaba por ser pego junto com seu balão por um furacão e levado para a fantástica terra de Oz.

James Franco é, ao lado do roteiro, o maior problema do filme. Ele até parece se esforçar, mas seu personagem não convence e muito menos empolga e assim sua jornada se torna cansativa e pouco criativa.

Oz1

Assim como James Franco, Mila Kunis além de inexpressiva parece perdida em sua personagem, a inocente e não tão boazinha Theordora, a primeira a encontrar o Mágico e a primeira em Oz a cair em seus encantos. Até a segunda parte do filme, Mila está completamente apagada.

Diferente de Franco e Kunis, Weisz está deliciosamente confortável em sua personagem. Mesmo com pouco tempo de tela consegue ser a mais interessante e cativante de toda a história com uma personagem clara e bem definida.
Entre os destaques do filme, está o pequeno e muito bem feito mácaquinho alado digital, dublado por Zach Braff que também interpreta Frank, o auxiliar do Mágico no Kansas. O pequenino voador, uma criatura que certamente agradará os pequeninos do lado de cá da tela, é responsável por momentos cômicos e “emocionais” na trama pouco inventiva.

Um dos pontos interessantes da trama é o uso de atores que interpretam personagens no Kansas para interpretarem personagens na Terra de Oz, como Michelle Williams que interpreta Annie, a amada de Oz no Kansas e Glinda a Bruxa em Oz ou Zach Braff que interpreta Frank no Kansas e dá voz a Finley o macaco alado em Oz.

Infelizmente, os efeitos, o macaquinho alado e a maravilhosa Rachel Weisz não são suficientes para ignorar a simplicidade e o vázio dramático que compõem a história.

Oz não é um péssimo filme, mas está longe de ser Mágico e Poderoso.

oz2

SINOPSE

Oz (James Franco) é o dono de um circo mambembe, que tem uma ética um tanto quanto questionável. Transportado para um mundo mágico e desconhecido, ele precisa lidar com a batalha entre três bruxas locais: Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glenda (Michelle Williams). Prelúdio de O Mágico de Oz (1939) e dirigido por Sam Raimi (trilogia Homem-Aranha).

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Sam Raimi” espaco=”br”]Sam Raimi[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: David Lindsay-Abaire, L. Frank Baum, Mitchell Kapner
Título Original: Oz: The Great and Powerful
Gênero: Aventura
Duração: 2h 7min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: Livre

TRAILER

3estrelas

Comente pelo Facebook