S.O.S. – MULHERES AO MAR (Crítica)

S.O.S. - MULHERES AO MAR

2estrelas

Por Kadu Silva

Um filme que depende do que você procura para ser avaliado como bom ou ruim

SOS - MULHERES AO MAR03

Curioso, mas eu sai da sessão de S.O.S – Mulheres ao Mar sem saber ao certo o que escrever sobre ele. Porque se eu for escrever com o olhar apurado de quem assisti muitos filmes e consegue identificar “supostos” erros, iria detonar demais o filme, no entanto acredito que ele merece um olhar mais popular e menos apurado.

Ainda assim, fica difícil não apontar por exemplo a semelhança com outra comedia nacional.

Ano passado foi lançado o filme Meu Passado me condena com o Fábio Porchat e a estrutura narrativa é praticamente idêntica, o que acaba por destacar a falta de criatividade dos roteiristas, principalmente nesse nicho super explorado atualmente no cinema brasileiro.

Como acontece no filme citado, a trama se passa no transatlântico onde Adriana (Giovanna Antonelli), sua irmã Luíza (Fabíula Nascimento) e a diarista da Adriana, Dialinda (Thalita Carauta), se aventuram no navio para seguir o ex-marido de Adriana que está em férias com a nova mulher. Mas como era de esperar as coisas não saíram como planejado e acontece uma série de problemas e situações hilárias com as três.

O roteiro talvez subestimando o público, não se importa em explorar situações clichês e desenrolares previsíveis e vai além, criando em diversos momentos, situações que não conseguem trazer veracidade ao enredo. No entanto essas escolhas, levaram em conta duas supostas situações, a paixão do brasileiro por novela, que apresentam o mesmo “problema” e/ou por acreditar que por ser uma comedia não precisa ter um cuidado mais apurado no desenvolvimento do roteiro.

SOS - MULHERES AO MAR01

Seja qual for a intenção, a verdade é que o filme é leve, divertido em muitas situações, principalmente nas que a Thalita Carauta estão presentes. É daquele filmes que costumamos dizer que o melhor ao escolher assisti-lo é deixar o cérebro em casa e ir para se divertir.

A diretora Cris D’amato, da mesma forma que o roteiro, não sai da zona de conforto em um único momento, a ideia é fazer o simples e embarcar no que o público brasileiro hoje está consumindo.

Portanto usando a visão popular, o filme consegue mostrar a que veio, apresentando uma história, com inicio, meio e fim de leitura simples e que consegue envolver o espectador. Apresentar uma série de situações engraçadas, por mais que sejam várias delas forças. O elenco no geral é familiar da TV, o que também agrada de cara, o público alvo, e por fim seu desfecho apresenta um mundo dos sonhos que muitos idealizam, representando facilmente o gosto popular.

S.O.S. – Mulheres ao Mar é fraco para quem busca algo inteligente, no entanto é diversão garantida para quem não quer pensar e não se importa de ver mais do mesmo. A escolha é sua.

SOS - MULHERES AO MAR02

SINOPSE

Desiludida com o fim de seu casamento, Adriana (Giovanna Antonelli) decide reconquistar o ex-marido Eduardo (Marcello Airoldi), embarcando no mesmo cruzeiro onde ele está com a nova namorada, a estrela de novelas, Beatriz Weber (Emanuelle Araújo). Para ajudá-la nessa missão, Adriana leva no navio a irmã, Luiza (Fabíula Nascimento), e a empregada, Dialinda (Thalita Carauta). Decididas a arruinar a viagem de Eduardo, essas três mulheres acabam descobrindo caminhos novos e surpreendentes para suas vidas e conhecendo novas pessoas, como André (Reynaldo Gianecchini).

ELENCO

[do action=”cast” descricao=”Giovanna Antonelli (Adriana)” espaco=”x”]Giovanna Antonelli[/do][do action=”cast” descricao=”Reynaldo Gianecchini (André)” espaco=”x”]Reynaldo Gianecchini[/do][do action=”cast” descricao=”Fabiula Nascimento (Luiza)” espaco=”x”]Fabiula Nascimento[/do][do action=”cast” descricao=”Fabiula Nascimento (Luiza)” espaco=”br”]Thalita Carauta[/do]

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Cris D’Amato” espaco=”br”]Cris DAmato[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Marcelo Saback e Sylvio Gonçalves
Título Original: SOS – Mulheres ao Mar
Gênero: Comedia
Duração: 1h 36min
Ano de lançamento: 2014
Classificação etária: 12 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. claudia

    Eu achei horrível, uma mulher que fica atrás do marido depois de ser dispensada e ainda se rebaixando tentando prejudicar a rival e a protagonista fica com homem que esta noivo, ou seja, mulher fazendo papel de trouxa.
    A parte do Fabiula nascimento e Thalita Carauta foram os pontos que salvaram a comedia