SEM DOR, SEM GANHO (Crítica)

1003042_400699806708327_1119910796_n

4estrelas

Por Kadu Silva

SEM DOR, SEM GANHO02

Quem costuma acompanhar meus textos, já deve ter notado o quanto sou fã de filmes que são baseados em fatos reais, por mais que a maioria deles, não sejam lá grandes obras primas, mas esses filmes conseguem trazer uma proximidade com o nosso dia a dia que nem sempre é alcançada em outras produções, mesmo que as histórias sejam “coisa de cinema”, até porque se não fossem, não viraria um longa-metragem.

A história de Sem dor, Sem ganho aconteceu em na Flórida, onde 3 amigos fisiculturistas resolvem colocar em prática um plano, para lá de ousado, que faria da noite para o dia os três milionários.

Daniel Lugo (Mark Wahlberg) fã de cinema e de alguns personagens específicos, acreditava que poderia mudar de identidade com um ricaço e assim tornar o chamado “sonho americano” em realidade.

Seus colegas Andrian (Anthony Mackie) e Paul (Dwayne Johnson) toparam a empreitada e então os três colocaram em pratica esse mirabolante plano, que tem desenrolares dos mais bizarros possíveis.

A narrativa é realizado num circulo dramático, já que a cena inicial é o “start” para o desenrolar da trama. Em off o protagonista Daniel Lugo nos coloca como “cúmplices” desse seu plano e assim conhecemos cada personagem (muito bem apresentados) e como o plano vai ser realizado e mais a frente como a falta de inteligência dos amigos levam os mesmos a fazerem lambanças e se afundarem cada vez mais a cada tentativa de arrumar as coisas que não saem como esperavam.

SEM DOR, SEM GANHO01

Michael Bay, sim Michael Bay consegue desenvolver essa trama de forma equilibrada, sem perder no ritmo frenético que tem como proposta. O diretor consegue envolver o público do começo ao fim, com a montagem genial, com a trilha sonora certeira e com as atuações de tirar o chapéu.

Mesmo tratando de violência em grande parte da história, o verniz utilizado pelo diretor, dá para a narrativa o tom cômico, que além de fazer rir, serve como forma de criticar alguns “marombeiros” que preverem exercitar o corpo, deixando de lado o exercício cerebral.

Especificamente sobre as atuações Mark Wahlberg e Dwayne Johnson estão INCRIVEIS, até possivelmente pelo clima cômico que a história acaba sendo desenvolvida, ambos se mostram a vontade, sem medo de se exporem ao rídico, e me arisco a dizer, fazendo uma das suas atuações mais marcantes, pelo menos para mim (calma, sim, Mark Wahlberg, já fez grandes coisas, mas talvez nunca tenha comprado tanto sua canalhice, risos).

Sem dor, Sem ganho é um filme de ação com viés cômico, com mensagem que faz denuncia aos viciados por exercícios somente físicos e ainda entretém, portanto para quem tinha dúvida principalmente por ter Michael Bay como diretor, pode ir sem medo, é diversão garantida.

SEM DOR, SEM GANHO03

SINOPSE

Flórida. Daniel Lugo (Mark Wahlberg) é um fisiculturista que sonha com o chamado “sonho americano”, no qual tem dinheiro à vontade para levar a vida como quiser. Para alcançar este objetivo ele conta com a ajuda de um colega, Adrian Doorbal (Anthony Mackie), e do ex-presidiário Paul Doyle (Dwayne Johnson). Juntos eles planejam o sequestro e a extorsão de um conhecido criminoso local, Victor Kershaw (Tony Shalhoub). Só que, ao realizarem o golpe, eles não contavam com as inevitáveis consequências que ele traria.

ELENCO

[do action=”cast” descricao=”Mark Wahlberg (Daniel Lugo)” espaco=”x”]Mark Wahlberg[/do][do action=”cast” descricao=”Dwayne Johnson (Paul Doyle)” espaco=”x”]Dwayne Johnson[/do][do action=”cast” descricao=”Anthony Mackie (Adrian Doorbal)” espaco=”x”]Anthony Mackie[/do][do action=”cast” descricao=”Ed Harris (Ed Du Bois)” espaco=”br”]Ed Harris[/do]

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Michael Bay” espaco=”br”]Michael Bay[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely
Título Original: Pain & Gain
Gênero: Ação, Policial
Duração: 2h 10min
Ano de lançamento: 2013
Classificação etária: 18 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook