Stranger Things – 2ª temporada | (Crítica)

Kadu Silva

Bem mais sombria

Stranger Thinges, uma das séries mais populares da Netflix acaba de lançar sua segunda temporada, e seu grande desafio era manter áurea oitentista sem se tornar uma cópia da primeira temporada, e os irmãos Duffer acertaram em cheio nesse quesito.

Os acontecimentos dessa nova temporada acontecem um ano após a última, e nela a população de Hawkins, querem descobrir os segredos que envolvem o funcionamento do laboratório local, e ainda os sobreviventes do último ataque tentam se proteger de uma nova entidade mais poderosa e assustadora que o Demogorgon.

Por trazer muitas respostas e apresentar novas tramas paralelas, o enredo da série não pode ser muito exposto nessa análise, mas o que se pode revelar é que o universo é parcialmente expandido, e diversas pontas soltas da primeira temporada são amaradas de forma muito orgânica dentro da trama.

Stranger Things – 2ª temporada | (Crítica)

O andamento envolvente de aventura e mistério, marca registrada da temporada anterior, continua no mesmo ritmo, o que muda um pouco é o olhar mais sombrio do arco dramático, os alívios cômicos que em geral aconteciam entre os garotos protagonistas, é bem menos explorado, até porque eles não ficam tão próximos ao longa da série, no entanto com a introdução de novos e interessantes personagens, é possível notar um universo mais amplo para ser explorado no futuro.

As referências a clássicos dos anos 80 continua presente durante a série inteira, de objetivos cênicos, a trilha sonora até em diálogos entre os personagens. Daria para listar um longo parágrafo aqui de alguns exemplos, mas o legal é ir assistindo e descobrindo os easter eggs que são homenageados.

O elenco é brilhante, difícil até achar adjetivos para todos que estão na história, mas o grande destaque nessa temporada é para Noah Schnapp, o Will, que tem o papel mais difícil e ele brilha principalmente quando o texto exige um maior empenho dramático de sua parte. Mas algo que merece ser destacado é que o texto soube acompanhar o crescimento natural do elenco mirim, e assim vemos eles pensando e agindo de acordo com sua idade.

Se tem algo de negativo para citar sobre a série é que apesar de conseguir sair de uma cópia fiel, a estrutura central é muito semelhante a anterior, tudo que deu certo na primeira é repetida sem receio nessa nova, faltou criatividade e um pouco de coragem de ousar na construção da trama e também na introdução dos novos personagens.

Stranger Things 2 ainda que mais sombria, consegue envolver pelo tom aventureiro e de mistério que consagrou a série.

Pôster de divulgação: STRANGER THINGS – 2ª TEMPORADA

Pôster de divulgação: STRANGER THINGS – 2ª TEMPORADA

FICHA TÉCNICA

Título Original: Stranger Things 2
Ano: 2017
País: EUA
Criação: Matt Duffer, Ross Duffer
Direção: Matt Duffer, Ross Duffer
Elenco: Winona Ryder, David Harbour, Finn Wolfhard
Duração: 9 episódios de 49 a 65 minutos cada

Comente pelo Facebook