TOP 10: AS MAIS FAMOSAS PROSTITUTAS DO CINEMA

Prost

Por Davi Gonçalves

Dizem que a prostituição é a profissão mais antiga do mundo. Bom, se é ou não, isso é tema para outra discussão. O fato é que o cinema está repleto de personagens que esbanjam beleza e cobram uma graninha para, digamos, fazer um divertimento “adulto”. Sendo protagonistas ou em pequenos papéis, essas personagens estão por toda a parte nas telonas.

Por isso, o CCine10 decidiu criar essa lista com as 10 prostitutas mais famosas e inesquecíveis do cinema. Confira os nomes das belas que já passaram nas telas de cinema fazendo o papel de mulheres com a vida nada fácil…

Holly Golightly – Audrey Hepburn (Bonequinha de Luxo, 1961)

Audrey Hepburn

Como não mencionar nossa eternal Audrey Hepburn em uma lista como esta? Afinal, Bonequinha de Luxo é, provavelmente, o mais famoso filme da bela atriz. Na história, Holly é uma garota de programa perdida entre a inocência e a ambição, cujo intuito é casar-se com um milionário. No entanto, ao longo da trama, Holly conhece o jovem escritor Paul – por quem se apaixona e abandona o sonho de se tornar rica.

Séverine – Catherine Deneuve (A Bela da Tarde, 1967)

Catherine Deneuve

Em um dos maiores clássicos franceses e dirigido por Luis Buñuel, a diva francesa Catherine Deneuve vive Séverine, uma jovem rica que, infeliz no casamento, passa a frequentar um discreto bordel para realizar as fantasias sexuais e alcançar o prazer que seu esposo não lhe proporcionava. A Bela da Tarde marcou época e é até hoje considerado uma das melhores atuações de Deneuve.

Geni – Darlene Glória (Toda Nudez Será Castigada, 1973)

Darlene Gloria

Pois é, cinema nacional aborda a prostituição também (como não abordaria?). No longa de Arnaldo Jabor (baseada na obra de Nelson Rodrigues) e censurado pela ditadura, a atriz Darlene Glória vive a prostituta Geni, objeto de desejo de um pai e seu filho.

Iris – Jodie Foster (Taxi Driver, 1976)

Jodie Foster

Das mãos de Martin Scorsese, Taxi Driver apresenta Jodie Foster como Iris, uma prostituta mirim. Na época, Jodie Foster tinha pouco mais de doze anos – e sua irmã foi a responsável por ser dublê de corpo nas cenas mais pesadas. Vale lembrar que por este papel, Foster ganhou uma indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Vivian Ward – Julia Roberts (Uma Linda Mulher, 1990)

Julia Roberts

Clássica comédia romântica da década de 70, Uma Linda Mulher traz a história de Vivian Ward, uma prostituta do Hollywood Boulevard que se apaixona por seu cliente (no caso, o bonitão, rico, educado e inteligente Richard Gere – que mulher não se apaixonaria?). Papel que imortalizou Julia Roberts como uma das maiores atrizes de sua geração.

Linda Ash – Mira Sorvino (Poderosa Afrodite, 1996)

Mira Sorvino

Em um das mais queridas comédias de Woody Allen, Mira Sorvino vive a prostituta (burra, ingênua, topeira…) e atriz de filmes pornográficos Linda Ash, que é a mãe biológica do filho adotado pelos personagens de Allen e Helena Bonham Carter. O sucesso da personagem e a entrega de Mira à sua personagem foram tanto que Mira faturou o Oscar de melhor atriz por essa personagem.

Lynn Bracken – Kim Basinger (Los Angeles – Cidade Proibida, 1997)

Kim Basinger

O filme se passa em Los Angeles no início da década de 50, quando um grupo de detetives tenta desvendar uma trama de corrupção social, que envolve, inclusive, um esquema de prostitutas de luxo – entre elas, Lynn Bracken, interpretada por Kim Basinger – que faturou o prêmio do Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Satine – Nicole Kidman (Moulin Rouge: Amor em Vermelho, 2001)

Nicole Kidman

No cultuado musical de Baz Luhrmann, Nicole Kidman vive Satine, a mais bela cortesã de Paris e maior estrela da casa de “espetáculos” Moulin Rouge. No auge de sua beleza (cabelos ruivos, corpo escultural e sedução à flor da pele), Kidman recebeu ainda uma indicação ao Oscar de melhor atriz.

Chelsea – Sasha Grey (Confissões de uma Garota de Programa, 2009)

Sasha Grey

O filme do cultuado diretor Steven Soderbergh acompanha a trajetória de várias garotas de programa de luxo, na cidade de Nova York. A personagem principal é Chelsea, uma prostituta que cobra cerca de dois mil dólares por hora, tem um namorado compreensível (que aceita sua profissão) e é responsável por seu próprio trabalho. Vale ressaltar que Sasha Grey já era atriz de filmes pornográficos antes de filmar com Soderbergh.

Raquel Pacheco – Deborah Secco (Bruna Surfistinha, 2011)

Deborah Secco

Raquel é uma garota de família de classe média alta que foge de casa pouco antes de completar dezoito anos para se tornar uma garota de programa. Posteriormente, após três anos de intenso (hummm) trabalho, ela passa a publicar suas experiências em um blog, que mais tarde se tornaria um sucesso e a tornaria conhecida em todo o país.

Comente pelo Facebook