TOP 10 – MELHORES FILMES DE CLINT EASTWOOD

clint

Por Davi Gonçalves

Clint é uma das figuras mais influentes de Hollywood. Começou sua carreira como ator, lá pela década de 50, mas só se tornou um astro ao estrelar a famosa Trilogia dos Dólares, de Sergio Leone, nos anos 60 – interpretando o cara durão, típico dos filmes de ação. Anos depois, arriscou-se também como cineasta, se tornando um dos mais respeitados diretores de todos os tempos.

Para homenagear nosso artista do mês, o CCine10 listou abaixou os 10 melhores filmes da carreira de Eastwood atrás das câmeras.

O ESTRANHO SEM NOME (1973)

O ESTRANHO SEM NOME

O terceiro longa do cineasta traz Clint também no personagem título, um anti-herói que após amedrontar uma cidade do Velho Oeste é contratado pelos habitantes locais para protegê-los de três pistoleiros fugidos da prisão.

BIRD (1988)

BIRD

Trata-se da biografia do saxofonista Charlie “Bird” Parker, um dos mais famosos musicistas norte-americanos de jazz, cuja vida pessoal foi marcada pelo uso abusivo de drogas e álcool, alem de inúmeros casos românticos. Talvez justamente por ser um grande fã de jazz, Bird é um dos filmes mais autorais de Eastwood.

OS IMPERDOÁVEIS (1992)

OS IMPERDOAVEIS

A importância de Os Imperdoáveis é notória: foi esse clássico de Eastwood que ressuscitou o gênero western para o cinema. Muito mais maduro do que grandes produções da década de 60, Os Imperdoáveis narra a história de um bando de pistoleiros aposentados que são contratados para vingar uma prostituta ferida. O filme faturou 4 prêmios Oscar, incluindo melhor filme e melhor diretor.

UM MUNDO PERFEITO (1992)

UM MUNDO PERFEITO

Considerado como a pequena obra-prima do cineasta, Um Mundo Perfeito narra a amizade que nasce entre um garoto oprimido e um criminoso. Drama inspirado, Um Mundo Perfeito marca a parceria de dois astros em evidência na época: o próprio Clint (na rabeira do sucesso de Os Imperdoáveis) e Kevin Costner (que vinha do sucesso Coração Valente).

AS PONTES DE MADISON (1995)

AS PONTES DE MADISON

Apesar de ter essa cara de durão, Clint aparentemente tem um bom coração! As Pontes de Madison conta a história de uma mulher casada que se envolve com um fotógrafo que está a trabalho em sua cidade para fotografar as famosas pontes locais. As Pontes de Madison é um dos melhores e mais delicados dramas da década de 90 e ainda traz Meryl Streep no elenco.

SOBRE MENINOS E LOBOS (2003)

SOBRE MENINOS E LOBOS

O amplamente elogiado Sobre Meninos e Lobos nos traz três grandes amigos de infância que acabam se separando após um deles ter sido violentado. Apesar de crescerem na mesma cidade, eles se falam apenas formalmente – até o dia em que uma nova tragédia os reaproxima.

MENINA DE OURO (2004)

MENINA DE OURO

Em Menina de Ouro, Clint interpreta um antigo treinador de boxe (colecionador de vários títulos) que, após certa resistência, aceita treinar uma mulher. A amizade entre eles cresce gradualmente, mas uma inesperada tragédia muda a vida da garota. Mais uma vez, Clint leva uma estatueta de melhor diretor, alem dos prêmios de melhor filme e atriz (para a ótima Hilary Swank).

CARTAS DE IWO JIMA (2006)

CARTAS DE IWO JIMA

Esse filme recria a batalha de Iwo Jima na Segunda Guerra Mundial, contada sob o ponto de vista dos japoneses a partir de cartas que foram encontradas posteriormente na ilha. Interessante lembrar que Cartas de Iwo Jima foi gravado simultaneamente a A Conquista da Honra.

A TROCA (2008)

A TROCA

Talvez a atuação de Angelina Jolie possa ser questionada, mas é inegável que A Troca é um filme muito interessante no conjunto de Clint. Na trama, uma mulher tem seu filho de nove anos sequestrado. Meses depois, a polícia alega ter encontrado o garoto, mas a mulher insiste que aquele não é seu filho desaparecido. Com suspeitas de loucura, ela é internada em um hospital psiquiátrico, mas luta fervorosamente para encontrar seu filho.

GRAN TORINO (2008)

GRAN TORINO

Em Gran Torino, Clint assume o papel principal de um ex-lutador na Guerra da Coréia que aos poucos vê sua vizinhança ser ocupada por imigrantes orientais, por quem o veterano tem verdadeiro desprezo. No entanto, ele se torna um herói involuntário ao ajudar a família da casa vizinha.

Comente pelo Facebook

3 Comentários

  1. José Garibaldi

    Faltou o melhor de todos: Josey Wales.

  2. João Paulo Rodrigues Fargoni

    Faltou o filme, Destemido Senhor da Guerra

  3. neurivan

    faltou o melhor “três homens em conflitos”