TROLLS (Crítica)

Kadu Silva

Um musical colorido para crianças

Lembra daqueles clássicos contos de fadas de antigamente? Com uma forte lição de moral no enredo, canções marcantes, personagens carismáticos e cheio de cenas “fofas”, pois bem, Trolls traz de volta todo esse clima nessa animação que apresenta todos esses ingredientes e muita cor para encantar e fazer rir com suas divertidas piadas.

A trama apresenta os encantadores trolls que precisam fugir dos Berguens porque eles acreditam que só encontram a felicidade se comerem um troll. Para manter a continuidade da espécie, os trolls mudam para longe da cidade onde viviam e lá recriam uma nova cidade. Anos depois um berguem acaba descobrindo o novo local dos trolls e captura alguns deles para levar para o rei, é então que a princesa troll Poppy e seu companheiro Ramo irão até a cidade Berguem para resgatar seus amigos.

O roteiro de Jonathan Aibel e Glenn Berger usa a clássica jornada do herói para narrar essa aventura colorida e repleta de canções marcantes, e optam por uma linguagem bem infantil para a produção, ainda que consigam encontrar espaço para colocar diversas piadas que só os adultos entenderam, sem ofender os pequenos.

É inegável que o filme tem seus três atos muito bem definidos e por isso consegue envolver o público do começo ao fim, no entanto a falta de originalidade da história (que lembra um pouco Os Smurfs) e o previsível desenrolar da trama, acaba por deixar o filme pouco interessante. O que acaba compensando tudo é a seleção mais que caprichada da trilha sonora que aqui é mais que pano de fundo, ela ajuda a contar a trama e pela maioria serem canções famosas, acaba despertando um sentimento extra a quem está assistindo.

Trolls mesmo não sendo uma obra marcante e original, consegue encantar e divertir a plateia, principalmente os mais novinhos.

TROLLS

SINOPSE

Ramo (Justin Timberlake) parte para uma jornada de descobertas e aventuras ao lado de Poppy (Anna Kendrick), líder dos Trolls. Inicialmente inimigos, conforme os desafios são superados eles descobrem que no fundo combinam.

DIREÇÃO

Mike Mitchell, Walt Dohrn

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Jonathan Aibel e Glenn
Título Original: Trolls
Gênero: Aventura, Fantasia, Musical
Duração: 1h 33min
Ano de lançamento: 2016
Classificação etária: Livre
Lançamento: 27 de abril de 2016 (Brasil)

Comente pelo Facebook