A NEGOCIAÇÃO (Crítica)

A NEGOCIACAO

4estrelas

FICHA TÉCNICA

Título Original: Arbitrage
Ano do lançamento: 2012
Produção: Estados Unidos
Gênero: Drama, Suspense
Direção: Nicholas Jarecki
Roteiro: Nicholas Jarecki
Classificação etária: 14 Anos

Sinopse: Às vésperas de vender sua empresa milionária, Robert Miller (Richard Gere), um magnata da bolsa de valores, envolve-se em um acidente automobilístico causando a morte de uma pessoa. Para preservar sua imagem, ele esconde sua responsabilidade no caso. Mas um investigador (Tim Roth) está disposto a descobrir o verdadeiro culpado, sabotando todos os planos de Robert.

Por Kadu Silva

Richard Gere em sua melhor forma

A NEGOCIACAO01

Hollywood tem vários astros e estrelas que se consagraram por algum papel e devido a isso se tornam ícones populares, o típico artista que somente por sua presença vendo o filme, Richard Gere é um desses – seu ápice foi em Uma linda Mulher, e desde então vem acumulando papeis sempre no gênero comedia romântica com raras exceções durante a carreira.

És que o estreante diretor Nicholas Jarecki, ousa em convidar Richard Gere para protagonizar seu longa, tendo em mãos um papel dramático, forte e de grande carga interpretativa. Talvez essa ousadia, poderia ser considerada uma forma de ter público, mas seja qual forma a ideia, o fato é que ele acertou em cheio, pois mesmo Gere mostrando os seus já manjados trejeitos, apresenta para o público seu melhor performance em anos no cinema.

Gere faz o magnata Robert Miller um sujeito tipicamente executivo que não mede esforços para conseguir o que quer. Sua empresa está passando por problemas financeiros devido a fraudes nas contas, por isso está prestes a vender ações para um grande banco. Paralelo a isso na noite de seu aniversário de 60 anos, ele está em viagem com sua amante (Laetitia Casta) e sofre um acidente em que ela morre. Não bastasse isso sua filha Brooke (Brit Marling) que é a responsável pela auditoria financeira da empresa descobre que os problemas da empresa aconteceram em função da corrupção de seu pai. Em função disso, Robert terá que encontrar a melhor forma de negociar sua paz.

O roteiro também de Nichoklas Jarecki é eficiente na forma em que o clima de tensão dos personagens vai se acumulando devido a série de acontecimentos que vão surgindo, essa edificação dramática ajuda a manter o público completamente ligado a trama. Mas o roteiro falha em abusar de situações obvias e muitas vezes desnecessárias.

A NEGOCIACAO02

Jarecki merece creditos já que mesmo em seu filme de estreia, com algumas falhas aceitáveis, ele realiza um longa repleto de tensão, suspense e reviravoltas, que usa como pano de fundo a crise financeira e a forma gananciosa como ela é resolvida.

O longa lembra alguns outros filmes do gênero, a diferença é que existem nele muitas situações paralelas – muito bem construídas por sinal, que se conectam diretamente com a trama central – mérito do bom roteiro. Essa pluralidade de ações conseguiu deixar ainda mais claustrofóbico o clima do personagem principal e isso como já citei aumenta o interesse da plateia.

Apesar de ter uma pegada claramente mais popular senti falta de um maior aprofundamento da crise financeira e também da investigação sobre o crime da amante de Robert – essa escolha por aumentar a tensão com várias situações paralelas, tirou a possibilidade de aumentar o direcionamento para os temas que citei – é apenas uma questão de escolha do diretor, não um erro.

Vale destacar ainda o excelente desempenho de Susan Sarandon no papel da mulher de Richard Gere, mais uma vez brilhante e no tom certo da mulher traída e Tim Roth que faz o investigador Michael , sem estereotipar o papel ele dá uma personalidade forte ao personagem, ganhando de cara a admiração do público.

A Negociação é um filme que talvez não crie interesse direto do grande público, mas que quando tiver em DVD ou na TV vai ganhar muito destaque, ele consegue uma conexão pouco vista ultimamente com a plateia, sem ser didático ou repetitivo. Se você assim como eu prefere assistir no cinema, é o filme que vale o ingresso.

A NEGOCIACAO03

DESTAQUE

Para a trilha sonora MAGNIFICA, que vai de João Gilberto a Bjök, precisa falar mais alguma coisa?

PRÊMIO

GLOBO DE OURO
Indicação: Melhor Ator em Drama – Richard Gere

TRAILER

Comente pelo Facebook