A TODA PROVA (Crítica)

A TODA PROVA

2estrelas

FICHA TÉCNICA

Título Original: Haywire
Ano do lançamento: 2012
Produção: EUA
Gênero: Suspense, Ação
Direção: Steven Soderbergh
Roteiro: Lem Dobbs

Sinopse: Mallory Kane (Gina Carano) é uma espiã altamente treinada que trabalha para um órgão do governos nos lugares mais perigosos do mundo. Após libertar um jornalista chinês de seus sequestradores, ela é traída e deixada para morrer por sua própria agência. Mallory, no entanto, consegue sobreviver e passar a utilizar todo o seu treinamento na construção de um plano de vingança e redenção.

Por Kadu Silva

Estiloso, mas fraco

A TODA PROVA03

Existem alguns diretores que seu estilo elegante de filmar beira quase a perfeição visual, Steven Soderbergh em alguns momentos de sua carreira conseguiu isso, portanto, é claro que ajudado por um elenco estrelar, que seu novo filme gera uma grande expectativa. Mas infelizmente o fraco roteiro não ajuda essa trama que se sustenta apenas nas excelentes cenas de ação.

Gina Carano é uma estrela do circuito MMA na vida real e foi a escolhida pelo diretor para protagonizar o longa pois a trama gira em torna de sua personagem Mallory que é contrata de uma empresa privada que presta serviços para o governo para desvendar ações secretas, militares e terrorista. Numa dessa ações descobre que um dos seus colegas de trabalho a atraio, o que causa na moça um enorme desejo de vingança, por isso as habilidades da lutadora se mostra fundamentais para estabelecer uma boa narrativa da trama.

A premissa é meio manjada, mas se torna curiosa quando vemos que a protagonista é uma lutadora de verdade, mas o roteiro de Len Dobbs não conseguiu estabelecer um ritmo continuo e agradável para o contar da história. Apesar do roteiro primar pelo mistério dos personagens e de suas intenções, fica fácil saber o desenrolar da trama, por isso o grande tempo de uma cena de ação para outra acaba dando essa queda no filme, prejudicando o bom desenrolar do longa.

Soderbergh como já citei dirige o filme de forma primorosa com angulações de câmera sensacionais e sequencias de ação de cair o queixo. A montagem também se destaca por conseguir deixar ainda mais empolgantes algumas das cenas de ação. As tomadas criativas do diretor se encaixam perfeitamente com a trilha e cortes estabelecido no processo de edição, só não tiraram o longos e intermináveis momentos de calmaria, que ao meu ver não era necessário para a trama.

A TODA PROVA02

Talvez alguns possam descordar, mas além do fraco roteiro o pior do longa é a protagonista Gina Carano, que apesar de se sair excelentemente bem nas cenas de ação não consegue manter o mínimo de verdade nas cenas de diálogos e de drama simples que contém no filme. Eu diria que como atriz ela é uma excelente lutadora de MMA, mas é valido por criar uma nova heroína para os cinemas.

Já o restante do elenco é fora de série temos Michael Fassbender, Michael Douglas, Channing Tatum, Antonio Bandeiras Ewan McGregor e ai vai, todos fazendo pontas rápidas mas que acaba, compensando diante da fraca interpretação da protagonista.

Mesmo com todos esses problemas citados acima o filme tem know-how de Soderbergh o que o torna no mínimo interessante, pois fica claro que o diretor quis fazer um filme diferente onde ele pudesse brincar com o mistério e principalmente com as cenas de ação e respirar novos ares o que para muitos diretores pode ser muito bom, apesar de não acertar em cheio nessa primeira tentativa é possível esperar ainda coisas boas dessa mente criativa.

O Ccine recomenda o filme que deve agradar muito pela trama de espionagem simples, mas interessante e principalmente por trazer uma mulher fazendo o que a rede globo diz ser um dos esportes mais populares no Brasil com vários astros de Hollywood. Vale a pena conferir.

A TODA PROVA01

TRAILER

Comente pelo Facebook