COMER REZAR AMAR (Crítica)

COMER REZAR AMAR

2estrelas

Por Kadu Silva

Chato e cansativo

COMER REZAR AMAR01

Acabei de chegar de uma viagem internacional e assistir a Comer, Rezar, Amar não poderia acontecer em melhor momento.

Sair e conhecer novos horizontes, novas pessoas, novas culturas é sem dúvida uma “lavagem” para a alma.

Esse papo está parecendo coisa de livro de autoajuda, não é? Pois é, o filme também é assim, por isso dei essa introdução para a crítica. Se você é fã desses livros e filmes o longa é uma pedida imperdível.

Comer, rezar, amar é uma tentativa de reproduzir o sucesso literário de Elizabeth Gilbert para o cinema e acho que esse é o grande problema do filme tentar colocar na tela toda a complexidade que um livro pode ter.

COMER REZAR AMAR02

Infelizmente o filme é cansativo, o roteiro foi construído em formato que lembra uma série televisiva. Por ter três atos bem distintos parece que são episodio e não uma história única. Eu entendo a ideia do diretor e do roteirista, mas isso infelizmente para muitos pode tirar o brilho dessa história incrível, diferente do livro esse formato tira o gostoso da imaginação que podemos ter durante o contar da trama.

Julia Roberts mais uma vez dá um show, ela protagoniza duas cenas que valem o ingresso. Os coadjuvantes que aparecem no decorrer do filme também são excelentes. A trilha sonora recheada de músicas de todos os tipos, inclusive clássicos brasileiros é de tirar o chapéu. Mesmo assim, colocando tudo na balança o Ccine recomenda o filme mais deixa a ressalva que ele pode somente agradar a fãs de livros e filmes de auto-ajuda.

Agradável, mas você precisa ter paciência para ver o desfecho que eu posso adiantar vale a pena esperar.

COMER REZAR AMAR03

DESTAQUES

Com certeza a direção de arte que conseguiu extrair através das locações a sensação de estar naqueles diversos lugares que a protagonista viaja durante o filme. Sem dúvida para mim a parte em que mostra Roma é a mais emocionante, acabei de chegar de lá e ver na tela os lugares que visitei foi maravilhoso.

E lógico que não posso deixar de citar a bela fotografia do filme.

SINOPSE

Elizabeth (Julia Roberts) descobre que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos. Um dia, ela larga tudo, marido, trabalho, amigos, decidida a viver novas experiências em lugares diferentes por um ano inteiro. E parte para a Índia, Itália e Bali, para se reencontrar numa grande viagem de auto conhecimento.

ELENCO

[do action=”cast” descricao=”Julia Roberts (Elizabeth Gilbert)” espaco=”x”]Julia Roberts[/do][do action=”cast” descricao=”Javier Bardem (Felipe)” espaco=”x”]Javier Bardem[/do][do action=”cast” descricao=”James Franco (David)” espaco=”x”]James Franco[/do][do action=”cast” descricao=”Viola Davis (Delia)” espaco=”br”]Viola Davis[/do]

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Ryan Murphy” espaco=”br”]Ryan Murphy[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Elizabeth Gilbert, Jennifer Salt e Ryan Murphy
Título Original: Eat, Pray, Love
Gênero: Drama
Duração: 2h 20min
Ano de lançamento: 2010
Classificação etária: 14 Anos

TRAILER

Comente pelo Facebook