UM FILME DE CINEMA (Crítica)

Kadu Silva

Uma aula sobre cinema

Talvez eu esteja sendo repetitivo aqui, mas para você gostar de cinema e principalmente para você fazer bem uma obra cinematográfica, antes de mais nada, você precisa entender tudo que envolve esse mágico oficio. Não é à toa que os países de maior sucesso mundial, quando se fala em cinema tem na formação de seu cidadão o cinema no currículo.

O diretor Walter Carvalho (Redemoinho) em seu novo projeto “Um Filme de Cinema”, apresenta para o grande público o cinema por detrás das câmeras, ele realiza um estudo profundo, delicado e técnico sobre a arte de fazer cinema e para isso entrevistou grandes nomes do cinema mundial para desvendar diversas questões como por exemplo: como atingir a verdade? O cinema deveria ser realista ou privilegiar o falso? Qual é o papel da objetividade na hora de filmar? Como explorar o som? Qual é a diferença de usar planos longos em relação aos curtos? Porque fazer cinema? E assim por diante.

UM FILME DE CINEMA (Crítica)

Carvalho durante 14 anos colheu depoimentos de nomes como: Bela Tarr, Júlio Bressane, Ruy Guerra, Jia Zhang-ke, José Padilha, Hector Babenco e Karim Aïnouz e somente agora compilou todas essas informações num documentário lindo e emocionante para quem gosta de cinema e para quem quer entender melhor os “segredos” da sétima arte.

O filme tem 3 momentos: o início é mais focado na parte técnica, depois ele vai para o lado emocional e subjetivo da arte e por fim faz uma homenagem ao cinema, inclusive o “Cinema Paradiso” acaba sendo uma espécie de linha narrativa para diversos desses depoimentos e no final acontece uma linda homenagem para os cinéfilos de plantão sobre o filme de Giuseppe Tornatore. Mas esse tom mais educacional sobre a sétima arte acaba por deixa-lo limitado no quesito de empatia com o público. É um tipo de obra que talvez teria um apelo maior se o público nacional tivesse mais intimidade com o assunto.

Além disso, Carvalho realiza o filme num formato bem tradicional de documentários, acontece os depoimentos, algumas imagens ilustrativas e só, pouco criatividade narrativa. Inclusive é questionado nos depoimentos o que é cinema autoral e o que é cinema comercial, se um é mais importante que o outro, enfim… A escolha de Carvalho para esse formato é compreensiva e até faz sentido diante do conteúdo, afinal a estrela da obra é o seu discurso, mas infelizmente, para nossa sociedade de preguiça intelectual é uma escolha muito arriscada.

Um filme de cinema é uma obra indispensável para quem gosta e quer entender mais de cinema. Um estudo através dos criadores que nos fazem sonhar na sala escuro e se apaixonar cada vez mais por todos esses detalhes que fazem do cinema uma obra tão incrível.

Pôster de divulgação: UM FILME DE CINEMA

Pôster de divulgação: UM FILME DE CINEMA

SINOPSE

Um cinema abandonado e em ruínas no interior da Paraíba é o cenário inicial de um filme sobre o cinema, que viaja nos depoimentos do romancista e dramaturgo Ariano Suassuna e de inúmeros cineastas, como Bela Tarr, Júlio Bressane, Ruy Guerra, Jia Zhang-ke e Karim Aïnouz. Eles discutem questões sobre a linguagem cinematográfica: como atingir a verdade? O cinema deveria ser realista ou privilegiar o falso? Qual é o papel da objetividade na hora de filmar? Como explorar o som? Qual é a diferença de usar planos longos em relação aos curtos?

DIREÇÃO

[do action=”cast” descricao=”Walter Carvalho” espaco=”br”]Walter Carvalho[/do]

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Walter Carvalho
Título Original: Um Filme de Cinema
Gênero: Documentário
Duração: 1h 48min
Classificação etária: 10 anos
Lançamento: 24 de agosto de 2017 (Brasil)

Comente pelo Facebook